/ News
Última atualização do site há 2 anos atrás, clique aqui para ter acesso a todas as publicações
“Eu sou lutadora e eu sou uma guerreira impulsiva” – conta Megan Fox
Publicado no dia 09.04.2015 por arquivado nas categorias: Bodhi , Brian Austin Green , Entrevistas , Exclusivo , Filhos , Filmes , Kassius , Megan Fox , Noah Shannon

Neste mês de Abril a atriz estampa a capa da revista Harper’s Bazaar na Arábia Saudita, marcando sua ilustre presença em oito páginas, sendo duas de uma matéria digna de ser lida até o final. Confira clicando nas miniaturas as scans e leia abaixo com exclusividade a tradução completa:

Megan Fox é incrivelmente linda. Olhando para o nariz perfeitamente contornado, lábios carnudos, cabelo castanho-escuro e tentadores olhos azuis, é fácil perceber porque ela se tornou tão famosa em uma franquia de quadrinhos. Seu rosto é tão perfeito, que poderia ter sido desenhado – com a ideia de uma beleza feminina projetada para excitar adolescentes.
Talvez com resultado, Megan realmente não mudou a imaginação do público a partir dos seus 21 anos de idade quando estrelou o primeiro filme Transformers ao lado de Shia LaBeouf em 2007. Ela deve ter vendido um milhão de revistas masculinas, e suas escolhas de moda e beleza em grande parte serviram como algo popular. E ao contrário do que falam por aí é evidente perceber ao falar com ela em sua casa localizada em Los Angeles, prestes a completar seu 29º aniversário, que ela amadureceu e se tornou uma pessoa bem diferente: espiritual, pensativa, mãe de família amorosa, e incomum sobre os detalhes da indústria cinematográfica em Hollywood.
“Eu diria que a maioria das pessoas assumem que eu não sou muito inteligente ou educada ou até mesmo séria, porque eu tenho essa imagem de que eu sou uma espécie de narcisista, querendo atenção, e desejando que as pessoas gostem de mim. Isso tudo me faz rir porque eu já concedi muitas entrevistas e quando você lê o artigo do começo ao fim, você pode notar que eu não sou tipicamente a modelo de um vídeo musical.”
Megan já apareceu em um clipe musical – um curta-metragem de Eminem e Rihanna, Love the Way You Lie. Também apareceu nos dois primeiros filmes de sucesso Transformers. Talvez um pouco menos lembrado são seus papéis em Jennifer’s Body (Garota Infernal), um filme de humor negro com Amanda Seyfried (de que ela sente mais orgulho devido ao seu amor pela atuação cômica), comédias românticas, como This is 40 (Bem-Vindo aos 40) e Friends With Kids (Solteiros com Filhos), estrelado por Jon Hamm e Kristen Wiig.
Mas como ela imaginava Hollywood não era tudo o que esperava ser. Admitindo que não estava pronta para o crescimento rápido na indústria cinematográfica. Depois de uma separação bastante amarga do estúdio por trás da franquia Transformers, ela voltou para casa bastante chateada. “Eu acho que havia muito para crescer pessoalmente, eu precisava disso, para controlar a minha paixão. Eu realmente queria ser uma mãe, e eu ainda não era, e eu realmente sei que agi mal. Eu era muito jovem para ver onde eu queria chegar.”
Mas Megan não desistiu e seguiu em frente – resolveu suas diferenças com o diretor de Transformers, Michael Bay, e então foi escolhida como a repórter April O’Neil em seu filme Teenage Mutant Ninja Turtles (As Tartarugas Ninja) que estreou no ano passado e reprisará o papel de novo em uma sequência prevista para lançar em 2016. Eu era praticamente uma criança quando gravei Transformers, eu não tinha ideia do que estava fazendo,” ela admite sobre suas habilidades de atuação que têm sido muitas vezes questionadas. “Não havia nada para eu fazer [no filme], mas então eu não fiz nada e era da minha própria responsabilidade. Eu não levo para o lado pessoal, porque de certa forma eu entendo e concordo. Mas, ao mesmo tempo, alguns comediantes consagrados e Quentin Tarantino veio até mim e disse: ‘Eu realmente gostei do filme Jennifer’s Body (Garota Infernal), você se desempenhou muito bem.’ Eu gostei, pois são pessoas que possuem experiência própria, então isso realmente me interessa.”
É uma surpresa – mesmo nós sabendo – que Megan é engraçada, é casada e tem filhos. Ela descreve ser quase presa em casa pelos diferentes horários de cochilo dos filhos, Noah, 2, e Bodhi, 1, seus filhos com o ex-Beverly Hills 90210, o ator Brian Austin Green (no qual ela também é madrasta de Kassius de 13 anos de idade, filho de Brian em um relacionamento anterior). O casal tem um relacionamento forte, depois de ter estado juntos há seis anos antes de se casar em 2010, mas como todos os pais de crianças pequenas eles conseguem raramente algum tempo juntos, a sós. “Pedimos para a mãe dele vir uma vez por semana cuidar de nossos filhos, para que possamos ir a um jantar, ir comer sushi ou algo assim. Eles ainda são tão pequenos, e é uma loucura.”
Parte de tudo isso parece tornar a vida familiar tão divertida e ainda muitas pessoas ao ouvirem falar sobre ela pensam na imagem pública de Megan Fox como um interesse amoroso em um short curto, sentada em uma motocicleta [cena de Transformers: A Vingança dos Derrotados], ou na cena de uma mulher fatal de lábios vermelhos no tapete vermelho. Hoje em dia, as suas escolhas indumentárias são estritamente adequada para as crianças.
“Todos os dias quando eu desço para preparar o café eu visto diferentes quimonos e meu filho mais velho adora”, ela ri. “Ele está obcecado pela minha coleção de quimonos! Quando passamos as férias no Havaí ele queria um, porque ele sempre me via usando, longos e loucos quimonos surpreendentes. Então, eu consegui encontrar um quimono infantil para ele e então ele usa e fica tão feliz e orgulhoso e começa a cantar todas as músicas do Tarzan… Eu gosto de ser mágica e eu gosto de ter liberdade no que eu escolho vestir. Tenho descendência de índios Cherokee, então eu estou conectada a essa coisa tribal nativa americana.”
Megan reconhece, é claro, que seus fãs não necessariamente querem – ou esperam – para ver ela em estilo boho em público, mas entende que estar sendo arrumada para cerimônias de premiação ou algo parecido é um mal necessário. “Eu nunca tive divertimento ao me vestir para desfilar no tapete vermelho porque há uma certa pressão lá”, explica ela. “Você não está apenas se vestindo, porque você acha que isso é uma roupa incrível. Você está se vestindo porque existe uma obrigação do seu lado, com um certo estilista e, em seguida, você tem que ir e andar no tapete esperando que alguém não esteja vestindo algo parecido”, diz a revista. “Eu sou apenas uma espécie de manequim que eles enviam para esses lugares, por isso esse processo não é divertido para mim.”
Aquele olhar no tapete vermelho tem evoluído ao longo dos anos: os conjuntos de seu maior sucesso incluindo um certo glamour atemporal, em rendas e tecidos de jacquard [tecido de renda de algodão], vestidos de seda por Dolce & Gabbana, sapatos italianos arrebatadores por Salvatore Ferragamo, ou vestidos sob medida da Armani (Megan por um período foi o rosto da Armani cosméticos, jeans e lingerie e, seu vestido de casamento foi uma criação da marca italiana feito de seda com um decote que ela usou na cerimônia privada). Entre os looks da sessão de fotos para a Harper’s Bazaar a roupa favorita de Megan é o conjunto rosa, branco e creme de Oscar de la Renta que se encontra na capa. Com pouca maquiagem mostrando sua estética natural neste ensaio fotográfico, vemos uma mulher relacionável ao invés de a menina comercializável. É animador e muito mais Megan.
Agora com seus próprios recursos estilísticos, longe da pressão e olhares da mídia, ela está naturalmente se tornando mais ciente do poder da moda. “Quando eu era jovem, eu costumava colocar uma calça e uma camiseta. Agora eu estou constantemente ligada querendo comprar mais tendências da moda, estou mudando meu armário, me livrando de coisas velhas… Eu estou mais ciente da moda agora, me sinto mais inspirada. Eu vejo isso mais como uma forma de arte, algo que eu não entendia quando era jovem.”
Atualmente seus estilistas favoritos são Saint Laurent e Isabel Marant – notícia que pode ser desagradável para aqueles que esperam um dia vesti-la. “Meu estilo pessoal é realmente diferente dos meus estilistas, nós ainda vamos ter a sorte de juntar os dois”, ela ri. “Eu estou desenvolvendo um estilo pessoal muito mais distinto.” Várias atrizes simplesmente despedem os estilistas que não as agradam, mas Megan é muito calma, uma pessoa que entretê essa ideia. Se há uma diferença de opinião, eles vão trabalhar com isso.
Ela é da mesma forma otimista sobre o processo de envelhecimento: “Estou muito consciente sobre como cuidar da minha pele, não me expor demasiadamente ao sol, utilizar as produtos corretos… Eu tenho uma vantagem genética, minha família não parece envelhecer: a minha irmã [Kristi] está na casa dos quarenta anos e ela se parece exatamente há 15 anos atrás. No entanto, é diferente quando você está em Hollywood e você está sendo filmado com câmeras super-HD. Eu tenho uma amiga que é dois anos mais velha do que eu, que só dorme de costas, porque ela não quer ter rugas. Eu ainda não estou em pânico.”
Em uma abordagem imperturbável sobre a vida, ela acredita que, a partir de depois de ter sofrido uma educação difícil. Intimidada ao ponto de ser uma pária na escola e com os pais cristãos e rigorosos em casa que empurraram Megan a ponto da rebelião, ela aprendeu a ser muito auto-suficiente. “Eu nunca gostei da escola, eu não me dava bem com as figuras de autoridade colocando limites em mim, por isso é algo que eu tenho agido contra sempre. E eu passei muito tempo fora de casa porque meus pais eram muito rigorosos. Mas acho que meio que me beneficiou ao crescer em um lugar onde eu sempre me enxergava como alguém que não se enquadrava na sociedade. Isso significa que eu fui capaz de me adaptar a esse tipo de atitude como uma adulta. Acho que de certa forma, como as crianças na escola me trataram, e da maneira que meus pais me criaram, não havia toda essa dor na minha infância, mas agora que eu cresci eu apenas aprendo a viver com isso. Em minha vida eu não procuro a busca da aprovação de outras pessoas, porque eu sei que não terei isso.”
Dito isto, ela deixou claro que não é uma lição que ela quer que seus filhos aprendam. “Não acho que eu preciso ensinar meus filhos com palavras ásperas ou com punições. Eu acredito que se eu os amo do modo certo não haverá necessidade para isso”, diz ela sobre sua filosofia de educação. “Eu sou uma mãe livre de espírito”. Ela também lamenta não ter sido “uma influência melhor” para Kassius, logo quando ela começou a namorar Brian quando ele tinha 30 anos e ela apenas 18. “Eu não falo com o Bodhi como se ele fosse um adulto, obviamente, mas eu escuto tudo o que ele me diz e eu acredito nele: Eu acredito que ele vê coisas que eu não vejo, eu acredito que ele tem coisas para me ensinar, e assim eu não fico agindo como um disciplinador ou uma figura de autoridade propriamente dita, eu não quero jamais ser uma força restritiva sobre ele, eu quero ser uma força expansiva… Eu quero que ele seja inspirado por mim, porque ele constantemente me inspira também. A maternidade tem realmente me aprofundado e tem me dado tanta perspectiva. Eu estou muito dedicada.”
Apesar de ter entrando em vestidos de tamanhos pequenos no preparamento de nossa filmagem, seus filhos têm, ela admite, tomado um pouco de seu tempo para o preparamento físico pois revelou seu peso aumentou um pouco após o nascimento de Noah e mais tarde Bodhi. Com pouco tempo para o exercício – ela também trabalha fora algumas vezes por semana – ela controla seu peso em grande parte através de uma dieta “limpa”, com ênfase em comer bastante proteína. “Eu não preciso comer pão”, diz ela. Você tem a sensação de que a boa aparência significa muito para Megan, mas não. As coisas mais importantes são sua família e sua vida espiritual. Ela enfrenta problemas particularmente em relação ao sistema de Hollywood. “Eu sou lutadora e eu sou uma guerreira impulsiva, mas eu não sou uma guerreira estratégica. Quando eu vejo algo eu tento agir imediatamente, porque eu sou assim se vejo algo errado”, diz ela. Mas ela também está trabalhando para se controlar reconhecendo que ela não pode lutar em todas as batalhas.
Sua luta mais urgente é equilibrar as necessidades de seus filhos com uma agenda de uma carreira exigente. Acenando a bandeira feminista pela igualdade, diz ela, “[Os meus filhos] precisam de mim para saberem quem eu sou. Eu tenho que lembrar que uma parte deles crescerão e verão a minha independência e excentricidade, porque isso vai ajudar a torná-los o que eles precisam se tornar também. Então eu tenho que permanecer fiel a minha tarefa, porque isso é essencial para eles crescerem e serem saudáveis.”
As filmagens de Teenage Mutant Ninja Turtles 2 está definida para começar em Nova York neste mês [Abril], e em breve começará a divulgar seu trabalho em Zeroville, a próxima comédia dramática dirigida por James Franco. Mas o trabalho, ela explica, agora deve valer a pena pois ela não quer passar o tempo longe de seus filhos. E ela não é seletiva sobre as questões financeiras. “Eu sou o tipo de pessoa que não senta e pensa em um plano de jogo para tomar decisões sobre a minha carreira como outros atores fazem. Não tenho o ego presso em minha carreira. Se eu sou chamada para interpretar um papel em um filme eu aceito e é isso! Não importa se é estranho, pequeno ou grande”, admite ela. “Eu confio na minha intuição.”
Esta justaposição de Megan pública e privada torna ela uma espécie de enigma, mas muito bem-vinda. Embora seja muito fácil julgar um livro por sua capa (muito bonita), descobre que muitas vezes é só quando você lê o primeiro capítulo que realmente compreende a profundidade de seu caráter. O mesmo é evidente com Megan. À primeira vista, ela continua sendo uma morena que saiu do anonimato e se tornou a mais nova integrante de Hollywood, mas se olhar um pouco mais profundamente verá que existe um espírito – e espiritual – mulher de visão de conteúdo e serenidade. Não existem muitas atrizes com tanta beleza interior e, como se consta, Megan é uma estrela que precisa e merece brilhar em Hollywood.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Compartilhe com seus amigos!
Aproveite para ler também:
Espere! Não se vá antes de deixar o seu comentário sobre o post
O Portal Megan Fox não possui nenhum tipo de contato com a Megan ou alguém próximo a ela, tampouco somos ela, somos apenas um fã site feito por fãs e para fãs a fim de informar e unir os fãs da atriz no Brasil. Todo o conteúdo postado aqui pertence a equipe do Portal Megan Fox, caso utilize pedimos que dê os devidos créditos à nós, fica proibida a cópia total ou parcial deste layout assim como, também deste site! Esperamos que tenham gostado da visita e voltem sempre!
error: Content is protected !!