/ News
Última atualização do site há 2 anos atrás, clique aqui para ter acesso a todas as publicações
Megan Fox para o The New York Times
Publicado no dia 09.06.2016 por arquivado nas categorias: As Tartarugas Ninja 2 , Entrevistas , Fotos , Megan Fox , Photoshoots

A atriz Megan Fox concedeu entrevista ao jornal The New York Times, falou sobre seu novo filme e estereótipos femininos no cinema. Confira abaixo as sessão de fotos que ela participou para o jornal de circulação diária e, logo abaixo, leia a matéria completa e traduzida:

Os fãs de Megan Fox tiveram que exercitar a paciência: A atriz, por sua própria admissão, não trabalha muito. “Eu nunca fiz mais de dois filmes por ano”, disse ela. Seu recente trabalho é na série New Girl da FOX, e foi, então, algo inesperado, e ela reaparecerá na próxima temporada, garantiu ela, como um interesse amoroso e com a língua afiada. E ela retorna como April, a aventureira repórter e fiel amiga na sequência de Teenage Mutant Ninja Turtles: Out of the Shadows (As Tartarugas Ninja: Fora das Sombras).

Um ataque de bronquite fez com que ela perdesse a estréia em Nova York, onde o filme foi filmado, mas Megan Fox falou através do telefone direto de Los Angeles sobre sua carreira sem ambição e sua relação de trabalho com o produtor e diretor Michael Bay, que pela primeira vez a levou ao estrelato em Transformers, e está por trás dos filmes das tartarugas. Como mãe de dois filhos, com um terceiro filho a caminho (com o ator Brian Austin Green), Megan Fox, 30 anos, há muito tempo desistiu de jogar Halo, mas ela ainda gravita em direção ao universo de fantasia. “Se eu receber 10 roteiros e um deles for para um filme de ação ou ficção cientifica ou jogos, esse é o primeiro que eu vou ler”, disse ela.

É importante para você interpretar as mulheres que são fortes e fisicamente atraentes?

Não entendo muito de, digamos, em termos de desenvolvimento de personagens em filmes como estes. Não é como se eu estivesse lá para ajudá-los a escrever o roteiro, dizendo, “April devia fazer isto, porque isto é o que faria uma verdadeira feminista.” Em termos do que está disponível para as mulheres a interpretar em geral em Hollywood, é muito escasso. Você tem esses estereótipos que ainda dominam filmes: o nascimento, o troféu, a escolta. [Risos]. Recebo muitos scripts, como, “stripper interessante.” Ou, “ela é super engraçada, mas ela também é uma acompanhante, mas é o que a faz engraçada!”

Você preferiria ter mais a dizer?

[Sobre o filme das Tartarugas Ninja] se eu tivesse dito, sinto que minha integridade está sendo comprometida vestindo este uniforme colegial, eles ouviriam isso, claro. Mas isso não foi algo que me afetou de forma negativa. Em um filme como este, não me importo de fazer [a cena], como está escrito, mas eu faço um monte de improvisos. Sou como um fogo rápido, corajosa, e então trago isso para o personagem sempre que é apropriado para a cena.

Como surgiu o papel em New Girl?

Eu não assisto muita televisão, então eu não sabia sobre isso. Eles queriam lançá-la para mim, e eu pensei que era tão bizarro, porque eu não sou conhecida por trabalhar em televisão e não sou conhecida pela comédia, mesmo que eu tenha feito algumas. E eu adorei. Fiquei surpresa de quão estranho e excêntrico e divertido o show é, e a personagem cai bem em consonância com o quanto eu gosto de interpretar o meu própria momento cômico.

Você disse que não é muito ambiciosa como atriz. Por que não?

Eu sei que a ideia é uma coisa muito estranha, porque geralmente as atrizes são todas ambiciosas e são levadas a alcançar o sucesso e elas são viciadas no trabalho, na maior parte. E eu nunca fui assim. Eu não sou necessariamente muito apaixonada por atuar por si só. Não me sinto validada por estar em um conjunto ou fazer um filme. Eu tenho muito divertimento em fazer esses filmes, mas não é uma representação do meu ser mais íntimo.

Você e Michael Bay tiveram desentendimentos públicos após você comparar ele com Hitler em uma entrevista. Você não estava no quarto “Transformers”. Como vocês fizeram as pazes?

Tive que enfrentar dois anos de imprensa muito negativa. Há essa percepção que eu fui excluida de Hollywood. O lado positivo foi que ele me obrigou a ser muito introspectiva e dizer, ‘Você não estava totalmente certo nessa situação.’ Entrei em contato com ele, e tivemos uma troca muito genuína. Deste ponto em diante, foi bom.

Que tipo de filmes você gostaria de fazer?

Eu realmente prefiro fazer esses tipos de filmes, que sempre surpreende as pessoas. Há algo que é mais atlético sobre o processo de fazer esses filmes, há mais adrenalina envolvida, que há mais fator de risco, há mais caos e então acho que é uma experiência mais emocionante. Estes também são o tipo de filmes que eu prefiro assistir, porque eles são uma fuga para um mundo sobrenatural, que sempre esteve onde eu prefiro sonhar acordada, enfim.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
Compartilhe com seus amigos!
Aproveite para ler também:
Espere! Não se vá antes de deixar o seu comentário sobre o post
O Portal Megan Fox não possui nenhum tipo de contato com a Megan ou alguém próximo a ela, tampouco somos ela, somos apenas um fã site feito por fãs e para fãs a fim de informar e unir os fãs da atriz no Brasil. Todo o conteúdo postado aqui pertence a equipe do Portal Megan Fox, caso utilize pedimos que dê os devidos créditos à nós, fica proibida a cópia total ou parcial deste layout assim como, também deste site! Esperamos que tenham gostado da visita e voltem sempre!
error: Content is protected !!