/ News
Última atualização do site há 4 anos atrás, clique aqui para ter acesso a todas as publicações
Biografia
26.04.2014

Megan Denise Fox nasceu em 16 de maio de 1986 em uma pequena cidade chamada Rockwood, localizada no estado norte-americano de Tennessee, no Condado de Roane. No dia de seu nascimento ela foi levada para a sala de hospital em Knoxville e neste dia sua mãe estava assistindo o filme Blue Hawaii, um filme de 1961 estrelado por o famoso músico e ator norte-americano Elvis Presley.

Biografia 1

Minha mãe dizia que eu nasci rebelde. Passei os três primeiros dias da minha vida gritando. Quando tinha 4 anos, eu fiquei com muita raiva porque eu não tinha o tamanho necessário para ir na montanha-russa. É simples, eu não tinha medo de nada.

Filha mais nova de Thomas Franklin Fox e Gloria Darlene Cisson. Tem uma única irmã que é 12 anos mais velha do que ela, chamada Kristi Michelle Fox. Franklin era oficial de condicional e separou-se de sua mãe quando Megan tinha 3 anos, mais tarde se divorciaram. Com a ausência do pai a pequena menina passava a maior parte do tempo em um mundo imaginário criado em Hollywood. Em 1997, sete anos depois, sua mãe casou-se com Tony Tonacchio – um padrasto muito rígido e religioso – ela levou Megan, aí então com 10 anos de idade, e sua irmã mais velha Kristi para morar com ela e o novo marido em St. Petersburg na Florida. Thomas Franklin continuou em Rockwood, no Tennessee, onde vive até hoje.

 Biografia 2

Megan sonhava em ser atriz desde pequena, aos 3 anos de idade, era obcecada pelo filme The Wizard of Oz (O Mágico de Oz), estrelado em 1939 por Judy Garland. Aparentemente o filme teve um impacto profundo sobre a pequena menina, pois usava um traje idêntico ao de Dorothy Gale e só atendia pelo nome da mesma.

Eu sempre falei que queria ser atriz, desde muito pequena. Acho que começou com Judy Garland e O Mágico de Oz, mas eu nunca quis ser outra coisa, não sei por quê. O Mágico de Oz sempre foi o meu filme favorito. Eu era obcecada por ele, assistia sem parar. Eu quis ser a Dorothy por muito tempo, até os 6 anos. Eu usava maria-chiquinha, minha avó fez um macacãozinho xadrez, e eu tinha sapatinhos vermelhos. Minha mãe tinha que me chamar de Dorothy, pois pelo nome Megan eu não atendia! Isso foi dos 5 anos aos 6 anos, pois a minha mãe me explicou que Dorothy não era real, que na verdade uma atriz interpretava ela.

Biografia 3

Ela sabia o que queria desde o tempo que ela era pequena, e ela estava muito determinada e ambiciosa.  Ela tinha tudo – aula de dança, coro, jogos. – disse a mãe de Megan, Darlene.

Megan cresceu em uma família pobre no Tennessee, mas teve a oportunidade de começar a atuar e dançar com apenas 5 anos de idade. Ela também era nadadora e competiu dos 5 aos 14 anos.

Lá na minha cidade não há teatros, aulas dramáticas nem nada disso. Só havia um coral e eu acabei entrando nele, só pra me acostumar com o palco, apesar da minha voz ser terrível. Dancei um pouco também quando era criança e adorava, entrava em competições e tal…

biografia 6

A apresentação era chamada de ‘Wee Bee Chorus’ e além de fazer parte do coro, Megan estava em um grupo de pular cordas. Fez curso de dança, fazia muitas atividades. Ela montava apresentações na sala, ela dançava, interpretava e sempre fazia espetáculos quando era criança.

Biografia 4

Eu era nadadora quando criança. Eu competi dos 5 aos 14 anos, em campeonatos estaduais. Eu achava que essa seria a minha profissão. Eu era muito boa no borboleta.

A irmã mais velha de Megan colecionava coisas relacionadas ao X-Men – uma equipe de super-heróis de histórias em quadrinhos publicada nos Estados Unidos pela Marvel Comics – e isso fez com que a pré-adolescente gostasse da mesma coisa. E por volta dos 11/12 anos a jovem conheceu Gen 13 – um grupo de jovens superpoderosos e voláteis que em tempos abrilhantaram o universo Image.

Quando criança eu gostava dos X-Men e minha irmã os colecionava. Com 11 ou 12 anos descobri Gen 13. É quase uma versão de X-Men. São três garotas e um cara que entra e sai do time, eram super-heróis. Eu gostava de uma chamada Roxy. E sim, adorava Tartarugas Ninja.

Biografia 5

Megan quase desistiu de ser atriz para se tornar uma advogada. Pois Ally McBeal (Ally McBeal: Minha Vida de Solteira) – uma premiada série de televisão estadunidense, que narrava as aventuras de uma advogada e seu desejo de encontrar um parceiro ideal para se casar e de se dar bem na vida, profissional e emocionalmente – encantou a pré-adolescente.

Quase mudei de ideia aos 13 anos, quando inventei de ser advogada, mas aí percebi que não gostava de Direito, mas que estava vendo Ally McBeal demais.

Megan era uma menina quieta e ao mesmo tempo considerada rebelde. Aos 14 anos roubou o carro de sua mãe e passava a maior parte do tempo de castigo.

Eu estava sempre tentando fugir… Eu odiava figuras de autoridade me dizendo o que fazer. Eles queriam que eu fosse conservadora, mas quando eu era criança, eu amava a Barbie. Eu usava as menores roupas que eu poderia encontrar. Minha mãe não deixou pintar meu cabelo de loiro, mas eu usei Sun-In (produto clareador de cabelos), e eu fiquei com o cabelo laranja por dois anos. O que posso dizer? Era Florida. Mas a minha mãe estava certa: ser morena era a única coisa que me fez memorável.

417561_10150903454910423_1826879050_n

Ela se livrava do castigo quando praticava atividades escolares.

Por menos de um ano eu fui animadora de torcida. Foi uma temporada de basquete, durante o ensino médio, e só assim eu podia sair de casa, pois vivia de castigo. Mas por ser uma atividade escolar os meus pais me deixavam ir. Tomar ar fresco, sair de casa. Por isso eu gostava. – ela ri – Mas eu não era boa, eu era terrível. Simplesmente não nasci para aquilo por ser desajeitada. Precisava ser muito forte.

Durante o ensino médio Megan sofreu bullying, ela era maltratada, e por esse motivo resolvia lanchar no banheiro para evitar que seus ceolegas a atingissem com pacotinhos de ketchup. O problema não era na sua a aparência, mas porque ela andava sempre com os meninos e ela não era popular.

Nunca tive muitos amigos. Não era popular na escola. Sempre tive dificuldade para me abrir com os outros. Todos me odiavam, eu era excluída.

Meus amigos sempre foram meninos, eu tenho uma personalidade muito agressiva, e por essa razão as meninas não gostavam de mim. Durante a minha vida toda eu tive apenas uma grande amiga.

Depois disso ela foi para uma escola cristã e aos 15 anos todos já sabiam que ela queria se tornar uma atriz.

Havia algumas garotas más na minha escola e eu fui para a escola cristã. Eu tinha quinze anos e todo mundo sabia que o sonho da minha vida era se tornar uma atriz.

Ela só não era excluída da escola como adoravam tirar sarro da sua cara.

Uma menina chegou à escola no Dia das Bruxas com um macacão de couro preto e todo mundo achava que ela era mulher gato. Mas ela respondeu: ‘Não, eu sou Megan Fox.” Resumindo ela estava tirando sarro de mim e como eu era muito tímida acabei ficando calada.

Para pior a situação Megan trabalhava em uma banca de frutas, na qual tinha que se vestir de banana. A fantasia tinha uma abertura em que mostrava o seu rosto, não tinha como se esconder. Os alunos do colegial passavam por ela a pé ou de carro e iam e voltavam gritando obscenidades.

Mas nem por isso ela desistiu dos seus sonhos…

Ela começou como modelo aos 13 anos de idade, participou de um concurso de beleza em que vários talentos foram testados. Ela venceu em duas categorias: Comercial de TV e  Fotografia. Recebeu outras três menções honrosas na Convenção Americana de Talento, em South Carolina, em 1999 . Aos poucos as portas do sucesso foram se abrindo…

Não podemos parar! Temos que levar isso adiante e ver no que dá. Vamos ver se você pode se dar bem nesse ramo. – disse a sua mãe Darlene.

Aos 15 anos um agente convidou-a para fazer um teste para ser figurante no filme “Bad Boys II”, dirigido por Michael Bay, que estava filmando na Flórida. No filme ela fez uma ponta como dançarina em uma das cenas.

Eles me colocaram em um sapato muito alto e em um biquíni estrelas-e-listras… Apresentaram-me para Michael. Que me aprovou. Então eles me colocaram na cena sob uma cachoeira. Eu estava disposta a ficar molhada e eu estava feliz por aquilo, então eles acabaram me dando 500 dólares extras. Eu ainda era uma criança, mas para aqueles dois dias eu estava sendo tratado como uma mulher adulta. Eu senti como se deve ser uma dança de biquíni em uma cachoeira: que é onde eu pensei que eu pertencia.

Com a mesma idade ela convenceu a sua mãe de ir morar em Los Angeles, Califórnia.

Minha mãe nunca acreditou realmente que eu seria bem sucedida… mas eu nunca pensei duas vezes em tudo. Eu nunca fiquei deprimida. Eu sou minha própria coisa. Eu não sinto que há alguém como eu.

Seu primeiro papel foi em Holiday in the Sun (Férias ao Sol) onde interpretou uma herdeira mimada chamada Brianna Wallace. Era um filme com as gêmeas Olsen que foi direto para VHS.

Em 2002 conseguiu o papel principal na série Ocean Avenue como Ione Starr. A série durou duas temporadas, de 2002 – 2003 e Fox apareceu em 122 episódios, com uma hora de duração. O seriado foi tão universalmente injuriado que ele tem uma presença na Internet quase inexistente.

Em 2003 Megan e Darlene voltaram para Los Angeles, a jovem atriz ficou hospedada em um condomínio, Oakwood, em Burbank, Los Angeles.

No mesmo ano ela começou a atuar como Cassandra Ridgeway, uma menina mimada e rica, na série The Help. A série só foi estreada em 5 de março de 2004 no no The WB.

Aos 17 anos ela fez a sua estreia no cinema com o filme Confissões de uma Adolescente em Crise, co-estrelando ao lado de Lindsay Lohan. Megan interpretou Carla Santini, a garota mais popular da escola.

O filme arrecadou $29,331,068 na América do Norte e apenas $3,720,228 nos outros países para um total mundial de $33,051,296. Além disso recebeu muitas críticas negativas. O site especializado Rotten Tomatoes deu ao filme 13% de aprovação.

Convenci minha mãe a ir comigo e dei sorte, logo que cheguei consegui um papel pequeno em um filme da Lindsay Lohan, Confissões de Uma Adolescente em Crise. Aí comecei a ganhar algum dinheiro e minha mãe me deixou ficar por lá sozinha.

Com a mesma idade, ela estrelou em What I Like About You (Coisas que eu Odeio em Você), aparecendo no episódio “Like a Virgin (Kinda)”. Megan fez a personagem chamada Shannon.

Quando completou 18 anos sua mãe voltou para Flórida, deixando então a jovem atriz sozinha, pois ela já estava estabilizada.

Em 2004, estrelou o filme Crimes Of Fashion (A Herdeira da Máfia) onde interpretou a estudante de moda Candace ao lado da atriz  Kaley Cuoco.

No mesmo ano ela se mudou para Nova York para coestrelar em ‘Hope & Faith’, série da ABC, que gravou em Queens, um cinco distritos que formam a cidade de Nova York. A comédia durou três temporadas. Ela interpretou “Sydney Shanowski”, substituindo Nicole Paggi que faria o papel.

Eu tinha dois papeis para decorar, estava bastante ocupada, mas eu estava trabalhando, então eu estava feliz.

Em 2005, estrelou na série Two and a Half Men (Dois Homens e Meio), no episódio “Carmel Filters and Pheromones”. Na série ela interpretou a sexy Prudence ao lado de Charlie Sheen.

Em 2006 a série ‘Hope & Faith’, foi cancelada devido a pouca audiência. Megan apareceu em 36 episódios da segunda e terceira temporada.

A atriz então ficou desempregada, mas não demorou muito e chamaram-na para fazer alguns testes no filme Transformers.

O processo todo durou muito tempo… eu estava esperando uma ligação a qualquer momento, porque me chamaram nove vezes para os testes – e ninguém te chama tantas vezes assim se não houver um certo interesse. Enquanto isso também estava esperando romperem meu contrato com a série de TV (Hope & Faith). Acho que ficaria muito decepcionada se não conseguisse, afinal, investi muito tempo nisso. Mas quando finalmente recebi a ligação fiquei atordoada. Foi sensacional.

Em algumas entrevistas chegaram a perguntar se ela teve o mesmo receio que tanta gente teve de que seria um filme bobo para crianças.

Eu não ligo à mínima. Eu estava num programa de TV que foi cancelado e fiquei desempregada. Daí a ideia de fazer um filme com Michael Bay e Steven Spielberg era simplesmente boa demais para ser ignorada. Em nenhum momento tive qualquer receio a respeito do filme não ser algo “especial”. É uma honra trabalhar com essas pessoas.

Então a fama internacional veio em 2007, com o filme Transformers. Megan interpretou a sexy e corajosa Mikaela Banes.
Foi o seu primeiro filme como protagonista e ela chegou a comentar que foi assustador. Com o primeiro salário ela comprou um carro para a sua mãe.
Ela assinou contrato para mais duas sequências de Transformers.

Transformers foi bem nas bilheterias, com receita de mais de 300 000 000 de dólares estadunidenses nos Estados Unidos e de mais de 700 000 000 de dólares estadunidenses mundialmente. No Brasil, atraiu mais de 1 900 000 espectadores. As críticas, no geral, foram mistas. Com ressalvas para o roteiro em geral, principalmente as tramas humanas. Com 57% em base de 219 críticas, o Rotten Tomatoes publicou um consenso: “Enquanto personagens verossímeis são difíceis de encontrar em Transformers, os efeitos são surpreendentes e a ação é emocionante”.

Estar num emprego como esses te garante um monte de coisas, como melhorar a vida da sua família. Com o dinheiro de Transformers consegui comprar um carro para minha mãe. É pra isso que trabalho, afinal.

Ela foi indicada ao MTV Movie Awards na categoria de Melhor Revelação, e também foi indicada para três Teen Choice Awards, na categoria Escolha da Atriz de Cinema, Escolha de Filme: Estreia Feminina e Escolha de Filme: Liplock.

Em junho de 2007, foi lançada em um papel menor no filme How to Lose Friends & Alienate People (Um Louco Apaixonado), baseado nas memórias de mesmo nome do escritor britânico Toby Young. Ela retratou a musa Sophie Maes, ao lado dos atores Simon Pegg e Kirsten Dunst. O filme estreou em 3 de outubro de 2008, foi um fracasso de bilheteria, fazendo apenas $17 milhões a nível mundial contra os $28 milhões de orçamento.

O filme recebeu no geral críticas negativas. Ele atualmente possui classificação de 37% no site Rotten Tomatoes, entretanto nem todos odiaram o filme, The Spectator, por exemplo, chamou o filme de “divertido”. The Sunday Times disse que o filme “possui mais risadas do que qualquer outra comédia britânica para aparecer.” Nos Estados Unidos, Roger Ebert chamou de “possivelmente o melhor filme que podia ser feito sobre Toby Young que não é censurado para acima de 17” e deu três estrelas e meia de quatro.

Ela subiu no palco do Spike TV’s “Scream 2007″ Awards e lá recebeu o prêmio Sci-Fi Siren.
No final do ano Megan marcou presença no Hollywood Life Breakthrough 2007 onde recebeu o prêmio Breakthrough Award (Revelação do Ano).

Em 2009 ela teve seu primeiro papel principal no filme Jennifer’s Body (Garota Infernal), atuando como Jennifer Check, uma líder de torcida diabólica, escrito pela ganhadora do Oscar de Melhor Roteiro Original, Diablo Cody.

Teve seus momentos divertidos, mas foi um filme difícil de fazer. Eu me senti muito pressionada a fazer justiça ao roteiro de Diablo. Eu não queria arruinar a personagem e estragar o seu filme. Porque ela é uma escritora tão brilhante e talentosa. Então, eu fiquei nervosa com isso e sempre me questionava para encontrar o equilíbrio entre ser engraçada e esperar que isso tenha eco em outras pessoas, mas ao mesmo tempo tentando trazer elementos de realidade à Jennifer. Eu queria que as pessoas amassem odiá-la, mas também quero que sintam empatia por ela, lamentem por ela, porque ela era uma vítima antes de se tornar predadora. Sabe, eu queria que ela fosse uma pessoa de verdade, não uma caricatura. Queria que ela fosse especial.

O Filme recebeu criticas positivas,em especial as atrizes Megan Fox e Amanda Seyfried e a roteirista Diablo Cody. O filme recebeu 4 estrelas em sua maioria de criticas,além disso a famosa critica brasileira Isabela Boscov deu ao filme 4 estrelas e elogiou o desempenho de Fox.

Filmes de terror sempre tiveram efeito sobre mim, fico muito assustada. Não gosto de ver violência. Nunca foi algo com que me relacionei muito quando criança. 

Megan revelou que, para ela, o filme mais assustador é Arachnophobia (Aracnofobia).

Ainda tenho medo de escuro. Mas filmes que me assustam… eu assisti ao filme Aracnofobia quando eu tinha apenas 5 anos e carreguei aquilo desde então. Eu ainda não consigo ver quando passa na TV.

No mesmo ano ela reprisou seu papel como Mikaela Banes na sequência de Transformers,Transformers: A Vingança dos Derrotados.

Transformers: Revenge of the Fallen arrecadou 16 000 000 de dólares estadunidenses nas exibições à meia-noite e obteve a maior bilheteria da história para uma quarta-feira (62 000 000 de dólares estadunidenses). Em dois dias de exibição, o filme arrecadou 91 110 948 de dólares estadunidenses (um recorde, atrás apenas de The Dark Knight). No seu primeiro fim de semana, arrecadou 108 966 307 de dólares estadunidensees (a maior abertura de 2009 e a sétima maior da história). Mesmo com uma queda de 61,2% na segunda semana, o filme arrecadou US$ 42.320.877, ficando em primeiro lugar pela segunda semana consecutiva. Foi a segunda maior bilheteria de 2009 (atrás de Avatar) e a 11ª maior da história na América do Norte, com 402.095.833 de dólares. Com US$ 430.635.467 no restante do mundo, chegou a US$ 832.747.337, sendo a quarta maior bilheteria de 2009 (atrás de “Avatar”, Harry Potter and the Half-Blood Prince e Ice Age: Dawn of the Dinosaurs) e o 27º maior faturamento da história. No Brasil, faturou 17.426.167 reais e atraiu 2.138.243 espectadores. Em Portugal, faturou 1.016.842,33 euros e teve 222.773 espectadores.

O filme é dez vezes maior que o primeiro, tem dez vezes mais cenários, explosões e cenas de ação acrobáticas.

Ela não compareceu ao Spike Video Game Awards 2009, mas ganhou o prêmio de Melhor Performance Feminina pelo jogo Transformers: Revenge of the Fallen.

Em abril de 2009 ela começou a filmar Jonah Hex (Jonah Hex: O Caçador de Recompensas), no qual retratou Tallulah Black mas com o apelido de Lilah conhecido por nós como Leila.

O filme foi um fracasso tanto de bilheteria quanto de recepção, sendo criticado pela falta de história e elementos sem sentidos.

Estava preparada para pesquisar sobre prostituição, mas realmente não precisei. O tipo de prostituição da época que se passa o filme é diferente da que existe hoje em dia. Naquela época, era um modo comum das mulheres ganharem a vida. Além disso, não mostramos muito disso no filme, o que me deixou muito feliz. Só mostrariam se tivessem cenas gráficas. A única cena de amor acontece com Jonah e sua amante.

Manter minha cabeça acima da água (com o peso do vestido) em uma cena com o Josh Brolin foi realmente difícil de se fazer. Foram só 5 dias de filmagem para mim, mas foram muito intensos e exaustivos. Tudo estava fora de alcance, acima de mim. Tentei gravar e me manter viva.

No início de abril de 2009 ela assinou contrato para estrelar no filme The Crossing. O filme ainda está em pré-produção e deveria ser lançado em 2011, mas até agora nada foi feito.
Em março de 2009, a Variety informou que Megan estava definida para estrelar com o papel principal como Aspen Matthews na adaptação cinematográfica do gibi ‘Fathom’ e que ela também irá coproduzir com Brian Austin Green, mas por enquanto nenhum progresso.

A única personagem pela qual sou obcecada é a heroína de uma história em quadrinhos chamada Fathom, de Michael Turner. Eu mataria alguém para conseguir esse papel.

Ela marcou presença no Teen Choice Awards 2009, lá ela recebeu dois prêmios, “Choice Female Hottie e Choice Summer Movie Star: Female por interpretar Mikaela Banes em Transformers: Revenge of the Fallen.

Quando eu estava no Teen Choice Awards, eu fiquei nervosa quando anunciaram a minha categoria. Pensei que todos gritariam quando falassem o nome da Beyoncé  e não para mim. Pensei que ficariam quietos quando anunciassem meu nome, eu estava, realmente, com medo. Mas em vez disso, houve uma enorme erupção de gritos e aplausos, e que me fez tão feliz. Estou emocionado por ter tantos fãs adolescentes. Acho que os adolescentes são os melhores fãs que tem e se as meninas gostam de mim, então eu estou extremamente feliz porque eu não quero distância do público feminino.

Megan ganhou o premio de Melhor atriz de ficção científica por seu papel em ‘Transformers: A Vingança dos Derrotados’, no Scream Awards. Ela deu um discurso sincero e emocionante.

Quero aproveitar este momento para dizer algo genuíno. Tiveram várias notícias falsas no que diz respeito aos meus sentimentos por este filme. Só quero deixar bem claro que sempre senti como se fosse uma parte muito comum de um filme extraordinário. Os dois filmes me tiraram do anonimato e me deram uma carreira e estou completamente agradecida a todos os envolvidos nesta franquia. E também não sei qual a razão de vocês continuarem votando em mim para ganhar estes prêmios porque eu não sinto que eu os mereço. Mas obrigada e eu amo muito vocês. Obrigada.

Megan ganhou o prêmio de atriz do ano no Hollywood Movie Awards, desbancando as atrizes Jennifer Aniston, Drew Barrymore, Sandra Bullock, Marion Cotillard, Penelope Cruz, Nicole Kidman, Meryl Streep, Hilary Swank e Charlize Theron. Infelizmente Meg não pôde comparecer devido a reuniões de pré-produção relacionadas ao novo filme dela, Passion Play. A porcentagem de votos para ela foi de 27% (37.295 votos).

Ela também não compareceu ao Cosmo Ultimate Women Awards 2009, mas ganhou o prêmio por Ultimate Film Actress.

Fox vez uma participação especial no Saturday Night Live (abreviado como SNL), ao lado da banda U2.

Quando eu recebi o telefonema de que tinha me sido oferecido o espaço para eu apresentar o SNL, a principio não queria fazer porque eu tenho pavor, fico paralisada quando tenho que falar para um grande número de pessoas. Mas é óbvio que você não vai dizer “não” para uma oferta destas porque é uma oportunidade inacreditável. Então eu fiz. E não, nunca vou assistir meu episódio lá. Não consigo. Já me dá ataques de pânico só de pensar em ver agora. Talvez depois de eu ter filhos e existirem coisas mais importantes na vida, talvez aí vou ser capaz de sentar e assistir e falar ‘Ah, quem se importa’.

Megan Fox foi escolhida para estrelar uma campanha das mais populares e prestigiadas grifes em todo o planeta, Giorgio Armani como também foi garota propaganda das campanhas: Emporio Armani Jeans, Emporio Armani Underwear, Giorgio Armani Code, Giorgio Armani Cosmetics. Ela sem dúvidas foi uma das maiores representantes da marca.

O Sr. Armani é um ícone visionário no mundo da moda. Estou honrada em estar associada mais uma vez a ele e a fazer parte destas campanhas.

Em 2010, ela entrou para o elenco do filme Passion Play (O Anjo do Desejo), interpretando a personagem Lily Luster, uma mulher pássaro. O longa teve estreia cancelada nos EUA, e foi lançado direto em DVD.

Neste filme eu me identifico com a personagem, ela não é tão doce, tem uma personalidade sofrida, é transparente, maravilhosa e eu fiquei apaixonada pela minha personagem. Eu fiquei apaixonada e quero ser ela para sempre.

O diretor do filme, Mitch Glazer, também viu semelhanças entre Megan e sua personagem. Na verdade, os paralelos entre suas vidas foram um dos principais motivos para a atriz ser escalada para o papel.

Quando fui almoçar com ela, Megan se mostrou tão vulnerável e misteriosa, como eu imagina o papel de uma mulher que as pessoas pagam para assistir em uma caixa de vidro e sobre a objetificação das mulheres, eu olhei pela janela e há um muro de paparazzi fotografando-a enquanto estamos comendo e eu pensei, se essa menina não entende esse personagem, ninguém entenderá, porque isso é realmente a vida dela” – explicou Mitch.

Eu não sabia muita coisa sobre ela (Megan), exceto o que eu lia. E acho que a surpresa mais prazerosa foi ver que essa garota, que é um ícone de beleza mundial, provavelmente provou ser a melhor jovem atriz com quem eu já trabalhei. Não sei se alguns dos seus filmes deram a oportunidade dela mostrar sua habilidade de atuação, de serem mais do quê, digamos, orientados somente na ação. Mas neste ela realmente deu um show. Foi muito consistente e profissional, muito madura para a idade dela. Com 23 anos, eu não conseguia fazer metade do que ela está fazendo. – disse Mickey Rourke

Em fevereiro Megan fez um comercial para a marca de celulares Motorola. O comercial foi divulgado durante o torneio de futebol americano SuperBowl, muito famoso nos EUA.

Já casada, Megan e Brian Austin Green marcaram presença no Teen Choice Awards 2010. Premiação em que os teens americanos votam para escolher os melhores do ano nas categorias de cinema,tv, esportes, música, moda…entre outros. Mas ao invés de levar para casa um troféu, os vencedores levam uma prancha de surf, afinal o evento ocorre sempre numa época de verão nos EUA.

Megan acabou levando para casa duas pranchas, um na escolha de casal “Hot”, ao lado de Taylor Lautner e outro por ser a melhor atriz de terror/suspense por Garota Infernal.

No mesmo ano a atriz protagonizou no clipe musical do rapper Eminem e a cantora Rihanna, Love The Way You Lie, ao lado do ator Dominic Monaghan. O clipe se consagrou no People Choice Awards 2011 onde ganhou o prêmio de Melhor Música e o prêmio de Melhor Vídeo, Megan não compareceu a premiação e ela não estava concorrendo a nenhum prêmio diretamente.

O clipe teve 6,6 milhões de acessos em apenas um dia, mais do que qualquer outro vídeo postado na história do YouTube. Nos cinco primeiros dias em que esteve no ar, “Love The Way You Lie” bateu a marca dos 18 milhões de visitas.
Em 13 de setembro de 2011 recebeu o certificado Vevo.

Megan foi a chave para este vídeo. Eu sinto que as pessoas sempre escolhem ela porque ela é bonita, mas eu vou te dizer como diretor o motivo pelo qual suas cenas no vídeo são tão reais, simplesmente porque ela se colocava no momento em que eles eram reais. Quando a câmera parou você podia ver seu corpo ainda tremendo e sua respiração acelerada. – comentou o diretor do clipe, Joseph Kahn.

Seus próximos três filmes a colocam do lado de atores hilários e a possibilita de fazer algumas piadas também.

Não sabia o que eu queria quando comecei nessa indústria, mas tomei uma decisão consciente de fazer mais comédias. Eu realmente gosto da leveza delas. Quero estar ao redor de pessoas engraçadas e ter essas experiências no set.

Em 2011 a atriz apareceu no filme Friends With Kids (Solteiros Com Filhos) onde interpretou uma dançarina da Broadway chamada Mary Jane.

As críticas sobre o filme foram geralmente positivas. Ele recebeu uma classificação de 68% no Rotten Tomatoes baseado em 134 comentários e uma classificação média de 6.5/10. Ele também teve uma pontuação de 55 no Metacritic com base em 34 avaliações, indicando “críticas mistas ou médias”.

Jennifer Westfeldt que é a roteirista, atriz e diretora do filme sentiu que eu era a pessoa certa para o papel da Mary Jane, mas eu acho que não tenho nada em comum com ela.

Megan esteve presente no Maui Film Festival 2011 onde recebeu o prêmio Iris Award. Ela foi homenageada no evento por sua ajuda e respeito pelo ambiente através de apoios a campanhas que ela acredita e suas escolhas, tanto por sua carreira cinematográfica como na sua vida pessoal.

Neste mesmo dia, 15 de junho, estreou um comentário sobre golfinhos de todos os oceanos da Terra. Megan narrou ao lado de alguns atores como James Franco, Gerard Butler, Kate Winslet, Whoopi Goldberg…

Megan e Brian fizeram participações especiais em um episódio do programa de animação Robot Chicken (Frango Robô), onde ambos trabalhavam em lojas vizinhas e não sabiam, até que um dia se reencontraram por acaso e se apaixonaram novamente.

Ela participou de uma peça da Broadway intitulada “24 Hours”.  Todo o dinheiro arrecadado foi dirigido ao Urban Arts Partnership, uma organização que promove uma educação integrada, através das artes, para comunidades não privilegiadas.

Megan estava muito nervosa e animada com sua performance. Ela disse que tinha tomado algumas ervas chinesas que ajudaram a relaxar. – disse uma pessoa próxima a ela.

Apesar de tudo ela não mostrou sinais de nervosismo quando dividiu o palco com o Padre Paul Bettany, comediante Sarah Silverman e Jack McBrayer.

Por tradição, ela também foi convidada a levar um objeto que mais tarde seria usado no show.

Megan disse que queria trazer uma espada, mas estava com medo de ser impedida no aeroporto, por isso ela trouxe uma estatueta de Bilbo Baggins (de O Hobbit ) – disse a fonte próxima a atriz.

Infelizmente, a atriz não teve a chance de comemorar com seus colegas de elenco após as cortinas se fecharem, pois tinha reservado um voo de última hora para a Europa para um trabalho futuro. Ela ficou triste com a situação, mas afirmou ter gostado da experiência, pois o  teatro da Broadway é a mais prestigiada forma de teatro profissional nos Estados Unidos.

No mesmo ano Megan Fox fez uma pequena participação no filme de comédia The Dictator (O Ditador) onde interpretou ela mesma ao lado do comediante britânico Sacha Baron Cohen.

Sacha Baron Cohen me ligou, perguntando se eu gostaria de participar do projeto. Por ser uma grande fã dele, disse sim logo de cara.

Ainda em comédias a atriz interpretou Desi, no filme This Is 40 (Bem-vindo aos 40). O filme recebeu críticas geralmente misturadas dos críticos.  A comédia adulta foi uma espécie de spin-off de ‘ Knocked Up’ (Ligeiramente Grávidos), que faturou US$ 12,03 milhões. Tinha muitas pretensões para a abertura de Bem-Vindo aos 40 e esperava um faturamento de US$ 10 milhões, o que tornou o efetivo desempenho do filme bastante… bem-vindo.

É estranho para mim que as pessoas ainda não captaram o fato de eu ter um senso de humor. – comentou ela durante o intervalo das gravações.

Megan Fox é tão engraçada. Ela é hilária. Vocês podem não achar, até agora, mas eu acho que ela é realmente engraçada, vocês vão ser agradavelmente surpreendidos. – disse Leslie Mann

Em janeiro de 2012 a atriz fez uma ponta no seriado Wedding Band ao lado do marido Brian Austin Green onde interpretou Alexa Stone, a atriz principal de um famoso seriado de TV de ficção científica chamada Nebutopia. O episódio só foi ao ar no dia 17 de novembro de 2012.

Ela entrou em cena e nos salvou no último minuto. Havia outras pessoas que estavam discutindo, trazendo para o episódio um cronograma e não deu certo e eu já tinha falado com minha esposa sobre o episódio e o que estava acontecendo e ela disse graciosamente que, você sabe, se nada mais desse certo ela iria participar e ela acabou fazendo isso. Ela foi ótima. Eu sempre pensei que ela arrebentaria. – contou Brian

Megan mais uma vez participou do Robot Chicken,  do Adult Swim, Cartoon Network. Em um especial de histórias em quadrinhos (DC Comics), ela dublou  Lois Lane.

 

Por um ano ela foi a estrela da campanha de bolsas Metrocity. A grife de luxo coreana ainda pouco conhecida nos EUA, apostou na atriz para alavancar suas vendas. Ela fez parte da coleção Primavera/Verão e Outono/Inverno.

Também foi garota propaganda da Sharper Image conhecida por sua inovação a tecnologia de produtos. Apareceu em propagandas do CCAA, Doritos Fritos, Starbar e mais tarde Brahma onde teve a oportunidade de conhecer o Brasil.

No inicio de 2013 o diretor Michael Bay anunciou em seu blog que a atriz estaria novamente na família. Desta vez no filme Teenage Mutant Ninja Turtles (Tartarugas Ninja) onde ira interpretar April O’Neil uma aliada das tartarugas.

 Todos nos sentimos muito felizes de trazer Megan Fox de volta à família. – escreveu ele.

Para retratar a essência sedutora e sensual do novo duo de fragrâncias Instinct, a Avon escolheu a atriz como garota-propaganda dos produtos, que foram a aposta da marca para o Natal. A fragrância foi desenvolvida especialmente para o Brasil.

Quando Avon entrou em contato comigo para ser o rosto de Instinct fiquei emocionada com a oportunidade de representar essas fragrâncias. Estou muito animada por fazer parte desta marca que eu sempre amei e respeitei.

Atualmente com o tamanho sucesso em números de vendas, Megan está representando a segunda fragrância que recebeu o nome de Instinct Forbidden, por enquanto sem data de estreia no Brasil.

Com o sucesso de Avon Instinct, Megan Fox se tornou uma das principais representantes da nossa empresa. Era uma questão de tempo para lançar-mos uma nova versão da fragrância, que vai ganhar ainda mais fãs ao redor do mundo. – contou uma das empresarias.

Falta poucos meses para o reboot de As Tartarugas Ninja chegar aos cinemas e divulgações já estão sendo feitas.

Fiquem ligados, pois este artigo sempre estará atualizado!

Megan teve três relacionamentos. Seu primeiro namorado foi um colega de escola chamado Benjamin Mark Leahy (Ben), dois anos mais velho. Eles se apaixonaram depois de uma reunião na Catholic High School, na Flórida, quando ambos eram adolescentes.

Enquanto a maioria das meninas estavam com maquiagens e sapatos, Megan era apenas uma rebelde que gostava de sair com os meninos e, felizmente, seu menino favorito era eu. Passávamos cada minuto juntos e ela adorava fazer qualquer coisa comigo. Costumávamos ir pescar e surfar. – revela Ben ao jornal The News Of The World.

Em 2003 a jovem que sonhava em ser atriz se mudou para Los Angeles para investir na carreira.

Eu nunca vou esquecer o dia que eu acenei para ela. Ela implorou e suplicou-me para ir com ela e disse que tinha levado algumas das minhas coisas (presentes). Por alguns meses o nosso romance sobreviveu por telefone, falávamos por horas todas as noites. Ela me mandava cartas e em uma delas estava escrito ‘ Enquanto eu estiver viva… eu sempre irei te amar.’ Lembro-me de um auto-retrato que ela tinha feito de si mesma com uma lágrima escorrendo pelo seu rosto. Eu sentia falta dela, como também acreditava que um dia eu iria juntar-me a ela na Califórnia. – disse ele.

Ela o namorou dos 14 aos 16 anos.

Eu sempre soube que Megan iria ser uma grande estrela. Ela teve coragem de seguir seus sonhos. Mas então ela começou a se transformar em uma pessoa que eu não reconhecia mais.
Noite após noite, ela ia à baladas e falava de pessoas e lugares que eu nunca tinha ouvido falar. O mundo dela estava completamente diferente do meu. À medida que as semanas passavam, Megan parecia estar se tornando mais e mais obcecada com tudo o que Hollywood tinha para oferecer e eu podia sentir que ela estava se afastando de mim. Ela já era difícil de controlar quando estava próxima de mim, imagina lá? Mais de milhares de quilômetros, eu não tinha a menor chance. Foi então que eu a chamei e disse o que estava pensando, eu terminei o namoro com Megan e nós choramos muito, mas sei que lá no fundo isso seria melhor para nós dois” – encerra ele.

Com 17 anos a jovem atriz começou um novo relacionamento com o ator norte-americano David Gallagher, 1 ano mais velho. Eles estiveram presentes em alguns eventos, como por exemplo, a estreia do filme O Agente Teen e o Massacre da Serra Elétrica. O namoro não durou nem 1 ano, acabando pouco antes dela completar 18 anos.

Meses depois, Megan conheceu o homem que se tornaria o grande amor da sua vida, Brian Peter Green, mais conhecido como Brian Austin Green famoso por seu papel como ‘David Silver’ na série de grande sucesso dos anos 90, Beverly Hills 90210. Os dois se conheceram no set da série Hope & Faith, em 2004, quando Megan tinha apenas 18 anos. Ela fazia parte do elenco fixo da série interpretando a personagem Sydney Shanowski. Ele fez uma participação especial em um episódio da série. Foi o que bastou para os dois se apaixonarem.

Eu não sabia quem ele era, já que eu era muito nova na época de Beverly Hills 90210. Mas na primeira vez que eu vi ele na minha frente, eu senti um frio na barriga… E na primeira vez que ele me tocou acidentalmente, eu senti como se fosse eletricidade pelo meu corpo.

Quando nós dois nos conhecemos, eu tinha acabado de terminar meu namoro com a mãe do Kassius e outro relacionamento era a ultima coisa que eu queria naquele momento. Mas Megan resgatou coisas tão boas de dentro de mim, coisas que eu tinha perdido com a mãe do Kassius. Fora que eu tinha acabado de sair do 90210, não queria sair de casa, tinha medo da imprensa e das opiniões das pessoas sobre mim. Lembro que eu ia no Coffee Bean e nem sequer conseguia olhar para o cara atrás do balcão nos olhos, porque tinha receio dele pensar “Ah, lá vem aquele cara ridículo do 90210 que fez um álbum de hip-hop”. Megan teve um grande papel em fazer minha auto-estima subir. E, ao mesmo tempo, eu era uma pessoa responsável e estável para ela estar perto. Nós dois nos encaixamos logo de cara. – Brian para a revista Details.

Megan foi pedida em casamento aos 20 anos.

Eu tinha uns 19 anos quando ele me pediu em casamento. Quase 20 anos. Eu tinha chegado do trabalho e estava super cansada. Ele estava sentado no sofá e tinha comprado uma aliança para mim. E me perguntou se eu queria casar com ele. Viu? Não foi nada suntuoso ou grande.

Mesmo assim, se envolver com um cara mais velho (os dois tem uma diferença de 13 anos), quando você está praticamente se tornando legalmente adulta parecia meio estranho, e Megan admite que nem sempre foi tão fácil assim.

Nós já tivemos obstáculos, mas conseguimos superá-los. Eu acho verdadeiramente que ele é a minha alma gêmea. Não quero parecer cafona ou clichê, mas eu acredito que nós dois estamos destinados a viver esta parte da nossas vidas juntos.

Os dois já confirmaram em algumas entrevistas que, em 6 anos, tiveram desentendimentos normais de casal que duravam apenas 1 dia. E tiveram só uma grande briga séria, que levou a uma separação que durou 3 meses (do final de março 2009 ao final de junho de 2009).

Nunca terminamos de fato. A realidade foi: ela tinha 18 anos quando nós dois nos conhecemos. Durante os anos, ela passou por uma enorme mudança na vida dela em termos de carreira e essa transição foi difícil para ela. Quando nos conhecemos, ela morava em Nova York, porque o seriado Hope And Faith que ela participava era gravado lá. Nós íamos a restaurantes lá e eu era reconhecido e apontado na rua. Mas era algo calmo e controlado. E de repente tudo virou de lado, ficou fora de controle. Ela não conseguia ir mais para lugar nenhum, pois o nome e o rosto dela estavam em todos os lugares. Então ela entrou num período natural de achar que não estava pronta o suficiente para continuar uma relação estável comigo no meio dessa loucura toda, sendo que as pessoas invadiam nossa privacidade e a do meu filho e ela não queria isso. Ele tinha 2 anos quando eu e ela nos conhecemos, ela sempre me ajudou a criá-lo, e eu achava que isso também era uma grande responsabilidade para jogar em cima dela assim de repente. Eu não queria que ela se sentisse presa do meu lado só porque tínhamos começado uma relação. Mas, mesmo dando um tempo para pensar em tudo e ver o que acontecia, nós nunca fomos em direções diferentes. Sempre acabávamos achando um caminho de volta um pro outro. – afirma Brian.

Megan foi questionada em programa de televisão se pensava em se casar com Brian.

Eu estou nesta relação a tanto tempo e eu amo tanto ele. E é lógico que num futuro por aí vai rolar. Não estou fechada para esta ideia. Eu sempre fui muito contra o que a sociedade me dizia que era certo e tudo mais quando eu era adolescente, mas tem algo neste assunto de casamento que eu acho que se você vai fazer isto, se você vai estar com uma pessoa e se comprometer com ela, é bom dizer para o mundo mesmo, dizer “eu estou me comprometendo com essa pessoa e fazendo dela minha família”. Acho que tem algo de respeitoso nisto. E se nós dois vamos fazer isto, vai ser por nós dois. Não vai ser pela sociedade.

(CONTINUA EM: VIDA PESSOAL).

Megan Denise Fox e Brian Austin Green finalmente se casaram em 2010. Ela com 24 anos e ele com 36. A cerimônia discreta ocorreu em um pôr-do-sol com tranquilo bater das ondas na praia deserta localizada no Four Seasons Resort Hualalai at Historic Ka’upulehu, em Kona, Havaí. Teve apenas uma testemunha, o enteado dela, Kassius Green, que tinha apenas 8 anos.

Meu casamento foi basicamente: minha mulher, meu filho que tinha 8 anos na época, e eu. Nós estávamos numa praia. O nosso casamento foi bem íntimo. Era só nós três, o oceano e um padre segurando uma concha..rs. Esta foi nossa festa de casamento. – Brian.

Eu sinto que eu casei com melhor amigo e nós dois nos sentimos muito mais a vontade estando casados e eu vivi com ele por tanto tempo que o casamento surgiu como uma coisa natural, um progresso natural, o próximo passo. E enfim, não consigo me imaginar sem ele. Eu amo ele.

 

O casamento foi tão secreto que nem mesmo os seus pais sabiam, mas após a cerimônia Megan informou seu pai e fez questão de enviar uma foto daquele dia tão especial. Segundo ela o casamento ocorreu de forma rápida e tudo que eles menos desejavam era chamar a atenção da mídia.

Ela só me contou sobre o casamento após a cerimônia, Megan me ligou e, em seguida, enviou uma fotografia dela e Brian através do seu iPhone. Estou muito feliz por ela. Eu já conhecia Brian e eu acho que ele é um cara bom e espero que eles sejam felizes. – declarou Franklin Fox.

Por outro lado Darlene ficou sabendo pela imprensa – mas ela não se surpreendeu por não receber um convite, pois sabia que a sua filha queria manter a discrição.

Se houve um casamento eu não estava lá – mas eu entendo Megan, tudo bem em ela querer algo discreto. Ela surpreendeu todo mundo depois disso, bem se é verdade que eles estão casados ​​eu… seria uma mãe feliz. – disse Darlene na época.

Após o dia especial o casal compareceu juntos a alguns eventos, e as declarações de amor não foram poupadas. Brian, como um bom marido, fazia questão de levar sua esposa para lugares que eles consideravam especiais, incluindo um lugar cercado por tigres durante visita ao rancho Big Cat Encounters, em Pahrump, Nevada.

As vezes durante a noite dirigimos até Malibu. É um pouquinho longe de onde é a nossa casa, então parece que estamos fazendo algo especial. Mas também é mais fácil preferir ficar em casa, é mais confortável. Mas eu acho que casais tem que misturar. Quando nós dois saímos para jantar fora, acho que eu flerto com ele em maneiras que eu totalmente não faço no conforto da nossa casa.

Ela é absolutamente a minha cara-metade em tudo, incluindo maternidade. Ela entende isto tão bem. Ela tem este instinto maternal muito forte dentro dela. Ela ama muito meu filho Kassius. E desde o primeiro momento que nós dois começamos a namorar, ela assumiu meu filho e tomou controle disto. E ela só tinha 18 anos. É incrível. Com 18 anos, eu era preocupado com qual boate iria abrir ou se minhas roupas estavam legais ou se eu podia provar um drink sem ser pego. – Brian

Nem tudo são flores, isso era o que a impressa pensava após Shia LaBeouf, seu colega em Transformers, confirmar em 2011 – após Megan e Brian completarem 1 ano de casados – que teve um romance com a atriz, justificando a atração por Megan dizendo que ele nunca soube separar os romances dos sets da vida pessoal.

Eu não sei explicar o que acontece nessa situação. Só sei que o tempo que passei com Megan foi uma coisa forte, e eu acho que vocês podem ver essa química na tela.

Ele explicou que esses relacionamento durante os bastidores aconteceu graças ao tempo que os dois passaram juntos nos sets de filmagens e a intensidade dos romances entre os personagens.

Imagine, você fica quase o dia inteiro, por seis meses, com alguém que você tem que seduzir durante o filme e essa pessoa também tem que se sentir atraída por você. É ai acontece. – disse ele.

Durante a entrevista à revista americana “Details Magazine” Shia também contou que não sabia se, na época, Megan estava namorando Brian Austin Green – seu atual marido -, mas completou que o que aconteceu lá, aconteceu e ponto.

Após saber da declaração – falsa ou não – Megan Fox que antes considerava ele um grande amigo, mostrou ao mundo que as palavras de Shia não abalaram ela e sua família.

Nossa família é um círculo de amor e força. A cada nascimento e cada união, o círculo cresce. Toda a alegria partilhada soma mais amor. Cada crise enfrentada em conjunto torna o círculo mais forte. – atacou ela através do Facebook.

Eu vivo em um estado de felicidade eterna. Eu e meu marido completamos 1 ano de casados em junho. Eu morei com o Brian durante mais de 5 anos antes de me casar com ele. Dessa forma eu dei tempo suficiente para saber se a nossa relação dava realmente certo. Nossa relação já foi posta à prova várias vezes, mas nós sempre saímos mais unidos delas. Acho que se você encontra alguém que está comprometido com a relação mesmo nos maus momentos, vale a pena se casar. Agora eu estou encantada com toda essa vida de casada. É incrível!

No final de 2011 o casal já estava planejando algo muito precioso… Em uma entrevista do mesmo ano a atriz comentou que ela e seu marido já estavam juntando um dinheiro no banco para garantir o futuro do bebê e que ela planejava ter uns três filhos.

Ninguém acredita, mas sou muito maternal. Mas eu me preocupo porque sempre quis muito ter filhos, mas com o que acontece pelo mundo (violência e a exposição da mídia), tenho medo de não ser capaz de tê-los, mesmo tendo condições de dar amor e tudo mais para eles.

No inicio de 2012, rolavam boatos de que ela estava grávida. Mas em maio algo curioso chamou a atenção da mídia, ela estava usando um ‘Bola Necklace’ –  um colar usado geralmente por mulheres grávidas – a confirmação só foi dada durante um passeio no Havaí, justamente na data de comemoração do casamento.

Megan Fox deu à luz a um menininho que passou a se chamar Noah Shannon Green, entre às 02h30 da madrugada do dia 27 de setembro de 2012.

Eu estava implorando por uma peridural enquanto Brian me levava para o hospital, quando a bolsa estourou. Dói demais. Foi muito intenso. A primeira contração foi horrível. Meus cabelos estavam molhados, então eu tentei secá-los antes de ir para o hospital, não queria chegar lá com os cabelos molhados! É exaustivo e maravilhoso. Ninguém pode imaginar, até ter um filho, o quanto podemos amar um ser humano. É realmente intenso e arrasador.

A família escondeu o nascimento por três semanas, segundo Brian, eles conseguiram manter a notícia em segredo com uma ajuda inesperada de Reese Witherspoon, pois a loira vencedora do Oscar e conhecida principalmente por sua atuação em ‘Legally Blonde’ (Legalmente Loira), deu a luz exatamente no mesmo dia que o casal.

Temos muita sorte de ter tido tranquilidade nas últimas semanas em casa, mas gostaria de contar isso antes dos outros. Dei à luz nosso filho Noah Shannon Green em 27 de setembro. Ele está saudável, feliz e perfeito”, contou a estrela na rede social. “Somos humildes de termos a oportunidade de nos tornar pais desta bela alma e estou eternamente grata a Deus por me permitir conhecer esse tipo de amor, sem limites e imaculado. Obrigado a todos vocês que enviam suas energias positivas e bons desejos. Que Deus abençoe você e sua família abundantemente. – postou ela no Facebook.

Tudo o que eu sempre quis fazer na vida era ter um bebê e, agora, eu finalmente consegui. Queria dar tudo de mim para Noah. E quero ter mais filhos. Isso é o que meu coração quer.

Como ela desejava ter mais filhos, Megan ficou grávida em 2013 e, por um tempo ela escondeu a barriguinha – como na primeira gestação.

Eu posso confirmar que Megan está esperando o segundo filho com o marido Brian, e os dois estão muito felizes! – confirmou Leslia Sloane Zelnick, ex representante de Megan, em setembro.

Ela estava gravando o filme ‘As Tartarugas Ninjas’ e preferiu manter segredo sobre a gravidez, para que a notícia não interferisse no seu trabalho, ainda que estivesse em um período inicial da gestação.

Eu acho que Noah será um ótimo irmão mais velho. Eu acho que ele tem uma ideia de que terá um irmãozinho, mas não acho que ele entende que um bebê estará vivendo conosco durante todo o tempo. Vai haver um certo ajuste. – disse ela em novembro daquele ano.

Eu tive difíceis primeiros trimestres. Mas depois que você chega ao segundo, fica tudo bem depois disso.

Brian contou que admira sua esposa por ela lidar tão bem com a gravidez.

Ela está indo bem. Ela foi bem da primeira vez também. Mas eu não desejo essa experiência a ninguém. Jamais seria capaz de carregar um bebê, é uma coisa inacreditável. Faço tudo que ela me pede, não importa o que seja. – disse ele. 

Megan Fox e Brian Austin Green deram o nome de Bodhi Ransom Green para o filho recém-nascido. O pequeno nasceu em 12 de fevereiro de 2014,  às 20h05 no Cedars-Sinai Medical Centre, no oeste de Hollywood.

Na maior parte, eu diria que está sendo bem mais fácil. Eu acho que tem muito a ver com o fato de que eu já tenho um bebê, então eu estou tão distraída cuidando dele, que eu não tenho muito tempo para sentar e me lamentar sobre o fato de que eu estou grávida ou ceder a minha gravidez.

Megan mostrou a foto do filho pela primeira vez no programa de Ellen Degeneres. A atriz apresentou Bodhi, de dois meses, à apresentadora e ao público em uma montagem de fotos de família, em que aparece o marido Brian Austin Green e Noah, o primogênito de um ano e seis meses.

Essa biografia é a mais completa em relação a Megan Fox e é exclusividade do fã clube Portal Megan Fox.

Feita inicialmente em 12 de maio de 2013 e atualizada e 14 de maio de 2014, por Larissa R. Dutra.

A biografia será atualizada até dia 16 de maio de 2015. Aguardem!

A cópia total ou parcial é totalmente proibida! 

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
11
O Portal Megan Fox não possui nenhum tipo de contato com a Megan ou alguém próximo a ela, tampouco somos ela, somos apenas um fã site feito por fãs e para fãs a fim de informar e unir os fãs da atriz no Brasil. Todo o conteúdo postado aqui pertence a equipe do Portal Megan Fox, caso utilize pedimos que dê os devidos créditos à nós, fica proibida a cópia total ou parcial deste layout assim como, também deste site! Esperamos que tenham gostado da visita e voltem sempre!
error: Content is protected !!