Ela é linda, sexy e, em seu novo filme, Jonah Hex (no Brasil, Jonah Hex – Caçador de Recompensas), Megan Fox tem uma cintura de 18 polegadas [45,72 centímetros]! Sim, algo a aspirar, senhoras! A polêmica jovem atriz sentou-se exclusivamente com Bonnie Laufer, do Tribute, para falar sobre seu amor pelo mundo dos quadrinhos, sua obsessão com o Senhor dos Anéis, sobre vestir o espartilho que deixava sua cintura com 18 polegadas [45,72 centímetros] e sendo enojada por ser incrivelmente talentosa ao co-estrelar no filme Jonah Hex, ao lado de Josh Brolin.

Baseado na popular história em quadrinhos, Jonah Hex (Josh Brolin) é um vagabundo cheio de cicatrizes e caçador de recompensas de último recurso, um pistoleiro duro e estoico que pode rastrear qualquer pessoa… e qualquer coisa. Tendo sobrevivido à morte, a violenta história de Jonah está imersa em mitos e lendas, e o deixou com um pé no mundo natural e outro no “outro lado”. Sua única conexão humana é com Lilah/Leila (Megan Fox), cuja vida em um bordel a deixou com cicatrizes próprias. Mas o passado de Jonah está prestes a alcançá-lo quando os militares dos EUA fazem uma oferta que ele não pode recusar: em troca de sua liberdade dos mandados de sua cabeça, ele deve rastrear e parar o perigoso terrorista Quentin Turnbull (John Malkovich).

Tradução: Larissa Rosso.

Bem, antes de tudo é bom ver você. Parabéns por isso. E eu não sei , eu não sei por quê, mas simplesmente não vejo você como um tipo de galã de quadrinhos. Você curte?

Sim. Eu sou fã de histórias em quadrinhos e hesito em dizer que sou uma fã de quadrinhos hardcore, porque você realmente precisa saber do que está falando quando afirma algo assim, porque o mundo que existe em torno dos quadrinhos é muito, é quase meio que elitista e você tem uma enorme quantidade de informações quando diz que é uma fã de verdade. Sou fã de muitas histórias em quadrinhos. Mas não sou, nunca diria que sou hardcore porque existe muitas coisas que eu não sei, então eu quero deixar isso claro. Para não deixar os verdadeiros fãs de quadrinhos chateados, mas sim, eu cresci com eles e claro, amei a maioria dos quadrinhos populares, como X-Men e Gen 13. E várias coisas de Michael Turner, que lança coisas assim.

Então como você assumiu um papel como este ou como você se envolveu em um filme como este? Existem muitos fãs hardcore e provavelmente isso coloca mais pressão em você, porque você quer fazê-los felizes.

Sim, eu estava falando sobre isso. É claro que quero fazer os fãs felizes, especialmente com algo como isso, que é baseado em uma história em quadrinhos que existe há tanto tempo e as pessoas estão lendo há tanto tempo, então Deus abençoe que eles possam amar isso, pois são tão difíceis de agradar, por mais que você tente fazer o seu melhor, você nunca vai agradar todos eles por completo, porque eles são tão detalhistas. É simplesmente impossível pegar algo que é uma história em quadrinhos e convertê-la em um filme de ação e que seja completamente fiel aos quadrinhos, você precisa fazer algum tipo de adaptação, infelizmente, é assim que funciona. É claro que fizemos isso com este, como você deve saber, fizemos isso com ‘Transformers’ e muitos outros filmes fizeram o mesmo. Mas nós tentamos permanecer o mais fiel possível, por respeito aos fãs.

Com certeza. Isso aconteceu com Lilah [Leila, no Brasil], eu gostei dela. Acho ela tão moderna, havia muito mais do que apenas ser a prostituta. Uma prostituta com coração de ouro.

Obrigada. Com certeza.

Sei que ela tinha seus pontos fracos, mas você chegou a pensar qual era a melhor parte?

Uau. Só quero enfrentar essa garota e eu quero lidar com isso. Quero dizer, ela foi dada a mim, não era como se eu tivesse escolhido. Esse filme, ele veio a mim e foi uma oportunidade inacreditável. É inacreditável trabalhar com Josh [Brolin] e trabalhar com John [Malkovich], com eles nada faz me importar com o que eu esteja trabalhando. Eu teria me fantasiado de cachorro-quente no filme, não importa, eu só queria trabalhar com essas pessoas. Então, não era sobre necessariamente enfrentar a personagem. Eu só queria fazer o meu melhor em um filme como esse.

Vamos tirar esse elefante branco da sala, esse seu desperdício, minha querida… Oh Deus, você sabe, Josh reclama do processo de maquiagem. Sinto muito, ele não disse nada sobre você ter que ser sugada em um espartilho. Você pode falar sobre isso?

Posso estar doente, mas adorei, gostei e eles nunca quiseram me ‘sugar’ com isso. Enquanto todo o resto dizia para eu deixar mais frouxo, eu sempre quis o mais apertado possível, então houve algumas cenas em que chegamos a 18 polegadas, eu acho. Havia outras cenas, como as cenas de ação com armas pesadas e eles se recusaram a deixar tão apertado, porque todos estavam preocupados com minha segurança e estavam convencidos que eu iria desmaiar, de modo que deixaram um pouco mais solto e foi mais fácil se locomover, mas eu gostei.

Bom. Quero dizer, parecia incrível, mas no entanto, durante as filmagens de luta, como realmente você conseguiu?

Me acostumei. É estranho nas primeiras horas que você está nele. Mas uma coisa que você não pode, você não pode comer usando isso, você não deve, porque seu estômago não se expande e também não deve beber nada. Cometi o erro de tomar um café, um mocha de leite misturado com chantilly por cima que foi uma péssima ideia. Seu corpo se acostuma e você acaba esquecendo que está usando ele, até o momento de tirá-lo no final do dia. Então eu tinha marcas profundas no meu corpo a partir da momento em que tirei [o espartilho] e essas linhas aprofundaram minhas costelas e elas estavam doloridas, é meio que como um dispositivo de tortura, mas enquanto estive usando, esqueça esse fato e você acaba se acostumando com isso.

Sim. Agora sobre Josh, que cara adorável, ele é tão divertido e eu acho que entendo o motivo que ele trouxe o roteiro para você. Foi ele que inicialmente queria ver você no filme?

Sim. Eu tinha lido o script antes de ser anexado. Eu li a primeira página e fiquei como ‘Oh meu Deus, é tão violento que eu nem consigo ler’, e ele acabou anexando e pediu para eu ir encontrá-lo e por qualquer motivo, ele pensou que eu era a escolha certa. E eu falei ‘Deus te abençoe, é claro, vou estar envolvida neste projeto, será um prazer’.

Vocês têm uma ótima química. Foi divertido trabalhar com ele, não foi?

Ele é muito divertido, muito carismático e espirituoso. Ele é realmente um cara esperto e ele é tão brilhante, tão talentoso, então foi muito prazeroso trabalhar com ele.

Qual foi sua primeira reação quando você o viu naquela maquiagem?

Eu vi que eles estavam colocando pela primeira vez quando estavam fazendo os testes. No teste inicial ele enfrentou uma situação com uma fita no olho, que puxava seu olho completamente para baixo, e ele estava pensando sobre isso, de como prosseguir, e eu disse que fisicamente não achava que ele iria passar por três ou quatro meses andando assim todos os dias e, graças a Deus, eles não fizeram isso, porque acho que ele comentou que estava começando a infeccionar seu olho nas primeiras duas horas. Mas essa maquiagem foi brutal e ele não podia comer e ele não podia beber nada. Eles tiveram que alimentá-lo através de um canudo. Era muito, muito estranho. Ele estava fumando… Espero que você não se importe que eu diga isso. Ele falou sobre isso? Tudo bem, ele estava fumando e havia um buraco no lado de sua maquiagem, em sua bochecha, e então ele tinha que fecha-lo com o dedo para que ele pudesse fumar o cigarro, era tão nojento. Muito nojento.

Eu não perguntei a ele sobre isso, sobre essa menção dele estar fumando, porém eu disse que poderia imaginar como isso aconteceu. Vamos falar sobre outro assunto… Você confessou ser fã de ‘The Lord of the Rings’ (no Brasil, O Senhor dos Anéis), uma nerd. E eu sei então que quando você vê algo assim, como uma fã, você percebeu o quanto ficou satisfeita ao assistir?

Com ‘The Lord of the Rings’ (no Brasil, O Senhor dos Anéis)? Bem, eu tento não ser um daqueles fãs julgadores, mas vou dizer uma das coisas que ficaram na minha mente quando eu vi pela primeira vez. No filme o Ent eram como o Barbárvore no livro, eles tinha um olhar mais intimidante, eram uma espécia assustadora e no filme eram como argila, como algo que você veria na Nichelodeon, quase era como “ou-ou” [onomatopeia para algo que falhou]. Quando assisti, fiquei um pouco decepcionada com isso, mas você tem que deixar essas coisas fluírem e apenas aproveitar o fato que eles trouxeram este mundo à vida em seu benefício. Você acabou de explorar ele… Você não pode separar, é simplesmente impossível especialmente aqueles livros em que o Tolkien criou esse mundo enorme. Você não pode… Você não poderia pegar o livro dele e colocá-lo na tela exatamente como é e não mudar nada que tem. As coisas têm que mudar.

Você tem vários projetos chegando. Em um deles, você trabalha com Mickey Rourke, quero dizer, como deve ter sido emocionante?! Você quer escrever, produzir ou talvez até dirigir?

Eu não penso em dirigir. Quero dizer, eu teria que realmente estudar e aprender o que eu estaria fazendo. Produzir, parece algo que poderia fazer. Porque você assiste tudo isso acontecer ao seu redor como um ator, você vê como os projetos se reúnem e você participa das conversas… E eu sinto que em algum momento eu poderia começar a produzir e eu estaria interessada, mas não é algo em que eu esteja aspirando a fazer, não neste momento.

Parabéns por isso, você fez um trabalho bom [sobre Jonah Hex].

Obrigada.

É bom ver você com uma arma. Não era muito difícil de manusear?

Eu gostei. Não. É poderoso. Vamos ver.

Da próxima vez terei que tomar cuidado ao falar com você. Muito obrigada.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry