Na tarde deste domingo, dia 23 de Agosto, a atriz Megan Fox organizou uma live transmitida no Instagram onde convidou Mitra Rahbar, uma autora, professora espiritual, curadora, guia e humanitária, para conversar sobre ansiedade.

Leia abaixo a tradução realizada pelo Portal Megan Fox:

MEGAN FOX: Eu estava conversando com Mitra Rahbar sobre coisas que acho que as pessoas estão lutando agora. Uma das coisas que senti é que as pessoas estão lidando com a depressão e lutando contra a ansiedade e não apenas por causa do que está acontecendo globalmente. [Neste momento Megan Fox inicia um novo vídeo].

MITRA RAHBAR: Oi que bom estar aqui hoje. Estou muito feliz porque tenho alguém muito especial aqui comigo, que vai se juntar a mim. Então, é a Megan Fox e estou agradecida que ela me deu essa oportunidade de conversar. Vamos falar sobre ansiedade. É a primeira vez que faço isso, agradeço a paciência comigo.

MEGAN FOX: Oi.

MITRA RAHBAR: Estou tão feliz por finalmente sermos capazes de fazer isso. Esta é minha primeira vez, você sabe. Desculpa.

MEGAN FOX: Nós conseguimos!

MITRA RAHBAR: Conseguimos! Muito obrigada por me dar esta oportunidade de sentar e falar com você e com todos sobre a ansiedade, algo que tem sido tão importante nos últimos meses.

MEGAN FOX: Sim. Eu estava explicando antes que eu estava conversando com você em minha página. Você sabe, eu acho que as pessoas em geral tem lutado contra a ansiedade por um longo tempo. Acho que um dos motivos é por causa do uso excessivo da tecnologia e já estamos nos sentindo desconectados um do outro. Desconectados da Terra e, obviamente, quando a pandemia nos atingiu, nós começamos a nos desligar de todos e nós ficamos literalmente isolados, o que acabou exacerbando esse problema. Tenho certeza que muitas pessoas realmente não sabem como enfrentar isso. Honestamente, agora com o mundo isolado, ele enfatiza o uso da tecnologia e você fica sentado no telefone e na TV por horas e acaba se desconectando, de modo geral, com a natureza e com outras pessoas. E por isso é difícil. Não sei se as pessoas sabem o que fazer ou se tem alguma ideia de como ajudar elas mesmas.

MITRA RAHBAR: Então tudo que você está dizendo é realmente verdade. Este ano a ansiedade realmente chegou de modo mais exagerado para nós. Então eu quero trazer alguns pontos, estamos sentindo duas formas de ansiedade: uma é a ansiedade global, energética, certo?! Que estamos sentindo neste caos, uma energia caótica, turbulenta. Todas as coisas horríveis que são as notícias o tempo todo. Isso é uma energia e nós, como pessoas, nos alimentamos da energia uns dos outros, assim como quando vamos para a natureza e abraçamos uma árvore, nos sentimos muito melhor, certo?! O mesmo acontece se vemos ou sentimos algo negativo. Isso nos afeta subconscientemente e depois de um longo período de tempo o nosso corpo fica sobrecarregado, bombardeado e nós queremos nos desligar, só queremos não sentir nenhuma dessas coisas. Então, essa é uma ansiedade; A outra forma de ansiedade é porque houve esse período de desligamento, nossas vidas mudaram, fomos forçados a ficar isolados, fomos forçados a gastar muito tempo sozinhos ou não fazendo as coisas que normalmente nos distraiam. O que quero dizer é que, temos que permitir esta forma de ansiedade porque está nos guiando de volta para nós, você sabe, temos dificuldades de estarmos sozinhos, quando estamos inquietos apenas por estarmos sozinhos ou caminhar na natureza, isso significa que há algo em nosso núcleo ao qual não prestamos atenção. Então essas são as duas formas de ansiedade, e acho que sinto que a ansiedade pode ser nossa amiga e isso é o que quero dizer, não quero que as pessoas se sintam tão estranhas por estarem tendo ansiedade, porque é uma emoção humana normal. A ansiedade pode ser nossa amiga, ela pode nos levar e nos guiar de volta para o nosso eu interior, ela pode trazer a verdade sobre nós e o que precisamos para ver isso está em nosso ambiente ou dentro de nós mesmos. Cabe a nós ver como queremos lidar com isso. Eu quero me desligar das notícias? Eu quero permitir mais tempo com a natureza? Eu quero mudar meus relacionamentos com algumas das pessoas da minha vida? Como é que eu desejo estar na minha própria vida? Como eu desejo aparecer na minha própria vida? Então, quando a ansiedade vem, ao invés de dizer: ‘Oh meu Deus, eu estou pirando! O que é isso?’, eu diria, sente-se com ela [a ansiedade] por cerca de 10-15 segundos e diga: ‘Venha! Deixe-me sentir você’, e depois pergunte a ela o que ela está tentando lhe dizer, o que será que a deixa inquieta, é algo fora de mim ou é algo dentro de mim? Eu posso dar algumas técnicas que acho que realmente podem ajudar. Eu sei que você faz algumas, eu acho que você faz essas técnicas.

MEGAN FOX: Uma delas é a respiração. Eu estava com muita ansiedade. Foi uma ansiedade de transição, onde eu tive que fazer uma leitura de mesa para um diretor muito proeminente e atores muito aclamados, e eu pensava: ‘eu não posso fazer isso. Vou ter um aneurisma cerebral. Vou vomitar. Eu não consigo, eu não consigo!’, então você me deu algumas dicas de como me acalmar, de como passar por isso. Naquele dia eu literalmente não pensei que seria capaz de conseguir. Esses exercícios de respiração foram uma maneira de focar a mente e me manter no centro da situação. Então, não sei se é isso que você está prestes a explicar.

MITRA RAHBAR: É um pouco assim, quando você faz esse exercício eu acredito que ele te dá força, porque você entende que existe ferramentas agora que você pode acessar a qualquer momento, que podem fazer você se sentir calma. Uma das coisas que quero ensinar é o exercício de respiração por 1 minuto, e é apenas 1 minuto. E o que acontece é que quando a ansiedade vem, geralmente se manifesta com falta de ar, náusea, é como se a gente estivesse prestes a vomitar… Ou eu estou tremendo de frio, mas está muito quente… Ou eu ouço que algumas pessoas se sentem tontas, então essas são algumas das manifestações de ansiedade de palpitações cardíacas. Então, quando sentimos, o exercício de 1 minuto, acabamos de fazer uma inspiração por 4 segundos e liberamos a respiração e não importa se você está respirando pelo nariz ou pela boca, nós podemos simplesmente fazer isso e fazer de novo… Então já fizemos isso por 8 segundos, levamos 8 segundos para respirar. Nós prendemos a respiração por alguns segundos e nós liberamos a respiração. Nós fazemos isso de novo. Respire confortavelmente, sem pressão. O que acontece é que quando fizemos isso duas vezes, provavelmente vai dar menos de 1 minuto. Lentamente a serotonina começa a ser produzida em nosso cérebro e começamos a nos sentir mais calmos. Eu já me sinto mais calma! Isso nos deixa mais calmos. Outro exercício realmente simples é quando temos ansiedade, ficamos caóticos, nossa mente é caótica, estamos pensando nos piores cenários, nas piores possibilidades. O que eu recomendo é olhar para algo ou ter um ponto na mão.

MEGAN FOX: Eu costumava fazer isso [ela mostra a tatuagem no pulso].

MITRA RAHBAR: Isso. Quando você está ansioso apenas olhe para o ponto, por cerca de 10 segundos, depois vire seu rosto e olhe para outro lugar por mais 10 segundos. Então você volta e olha para este ponto novamente, por 10 segundos. Repita o processo. Esse exercício mantém a mente em foco. Esses exercícios podem ser feitos em qualquer lugar, apenas não faça isso enquanto estiver dirigindo. Acho que temos as ferramentas se nós aprendermos a usá-las, são ferramentes fáceis para mantermos um estado mais calmo. Não podemos controlar o que está acontecendo no exterior, mas podemos controlar nossas próprias reações internas para não termos reações tão fortes, mas de alguma forma abraça-las. Exemplo, eu recebo um telefone e minha reação imediata é ‘Oh, meu Deus! Oh, meu Deus!’, essa é a primeira reação que terei, mas se eu estiver em um momento mais calmo, minha primeira resposta será ‘Fique bem!’, e eu vou controlar minha respiração. Neste momento, em nosso mundo, temos essa oportunidade de nos conectarmos com nós mesmos. Através da ansiedade entendo o que é que me deixa ou não centrada, o que pode e não pode me deixar confiante. É falta de amor próprio? É porque eu não acredito em mim mesma? É porque eu não acredito no universo? O que eu me permitiria abraçar isso? Encontre o seu caminho!

MEGAN FOX: Eu sinto que é algo que quando você pratica mais frequentemente sua ansiedade se reduzirá naturalmente. É como se você não estivesse lidando com os mesmos níveis de ansiedade se praticar a técnica da respiração todos os dias.

MITRA RAHBAR: Exatamente. Eu tinha tanta ansiedade quando era mais jovem e quando aprendi sobre isso, me acostumei a praticar várias vezes ao dia. Com isso, lentamente minha ansiedade diminuiu. Ainda pratico quando sinto que a ansiedade está chegando. Não estamos acostumados a cuidar de nós mesmo, não estamos acostumados a nos nutrir e, essa é uma prática consciente. Eu vou cuidar de mim, sou importante para mim e quero viver uma vida em que eu possa estar mais calma, feliz e centrada para que eu possa fazer as coisas que eu quero fazer. E uma vez que aprendemos isso, aprendemos a nos valorizar também. Pratique isso todos os dias! Se você quiser fazer duas, três vezes ao dia, faça em qualquer horário! Nenhuma ansiedade existe para ser sua inimiga, ela existe para guiar você. Não tenha medo, mas permita ter o medo!

MEGAN FOX: Deixe passar por você! Também é algo que você me ajudou a gostar, serviu como uma emoção. Entenda que suas emoções são transitórias, elas virão e virão. Siga e observe o medo, deixe-o se mover. Deixe ele para lá!

MITRA RAHBAR: Sim. Não estamos aprendendo essas coisas através de decepções ou dores. Ficamos mais ansiosos por fazer coisas que não gostamos. Ficamos mais ansiosos por estarmos em relacionamentos. Ficamos claustrofóbicos. Compreenda que não somos essa emoção, não somos a raiva, a ansiedade, o ciúmes. Acredito que somos a bondade e nós experimentamos isso, novas emoções. Mas você não deve se apegar a emoções negativas e dizer ‘Mitra, estou tão ansiosa’. Você não é uma pessoa ansiosa, você deve aprender a enfrentar a ansiedade. Então, agora vamos aprender como abraçar a ansiedade e lentamente permitir que ela flua. Comece com passos de bebê, se você tem medo de dirigir, comece a andar de carro por sua rua; Se tem medo de um novo relacionamento, comece com uma amizade.

MEGAN FOX: Você me ajudou muito com isso. A lidar com minha forma de ansiedade. Quando ela se manifesta eu começo a tremer, eu posso sentir meu coração vibrando em meu peito e meus pulmões. Eu tenho que usar minha voz no trabalho, e quando ela está fraca é porque estou tremendo e essas são coisas que eu realmente tive que trabalhar quando estava nervosa, especialmente quando tenho que fazer um show de premiação ou gravar na frente de muitas pessoas ao vivo, é quando isso surge em mim. E tem sido muito útil suas orientações. Acho que é uma boa maneira de começar escolhendo algo pequeno e ficar confortável fazendo isso. Naturalmente isso se integrará em sua vida de outras maneiras e se tornará mais fácil. E quando você vê o resultado também fica animada, você fica tipo ‘Uau, isso realmente funcionou em mim, então eu tenho algo em que posso acreditar’. É uma ferramenta, é como se você tivesse essas etapas que pode seguir para que você não se sinta tão perdida e oprimida, você fica tipo ‘Ok, eu sei que se isso acontecer comigo, eu posso fazer essas três coisas [os exercícios] e é o que vai me ajudar até certo ponto’. Isso isso lhe dá confiança, cada vez que você entra em uma nova situação, onde você sente aquela ansiedade.

MITRA RAHBAR: Exatamente. Vou te contar um período durante a minha vida, na casa dos 30 anos tive muitas mudanças em um ano, tive que me mudar 11 vezes, cada mudança passou a ser para mim, subconscientemente, uma perda, e isso desencadeou muita ansiedade. Quero que as pessoas entendam que existe uma razão pela qual ficamos ansiosos e geralmente é porque algo desencadeou nossa autoconfiança ou amor a nós mesmos. E sentimos em algum nível que não somos dignos ou capazes disso, tudo se resume ao que podemos falar. Você sabe que é um assunto totalmente diferente, mas a ansiedade pode ser curada. A ansiedade é parte normal do ser humano. É uma emoção e eu não quero que ninguém sinta que é algo estranho ou anormal. Ter ansiedade é muito natural. Tenha calma e confiança interior. Viva um dia de cada vez.

MEGAN FOX: Incrível! Mitra, eu não sei como terminar, mas isso foi ótimo.

MITRA RAHBAR: Obrigada por me dar esta oportunidade. É simplesmente maravilhoso ser capaz de vir e compartilhar com você.

 

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry