No ultimo sábado, 20 de junho, repercutiu nas redes sociais um trecho de uma entrevista concedida por Megan Fox no Jimmy Kimmel Live!, um late-night talk show estadunidense criado e apresentado pelo comediante Jimmy Kimmel e exibido pela American Broadcasting Company.

O episódio 96 da 7ª Temporada foi ao ar no 26 de junho de 2009. Nele Fox compartilhou o seu primeiro momento com o contato na carreira cinematográfica, onde teve que dançar, aos 15 anos de idade, na frente do diretor de ‘Transformers’, Michael Bay.

“Eu tinha acabado de completar 15 anos e fiz um extra no ‘Bad Boys II’. Eles estavam filmando uma cena de um clube e me trouxeram até ela, eu estava usando um biquíni de estrelas e listras, um chapéu de Cowboy rosa e, tipo, saltos de 15 centímetros. Ele [Michael Bay] aprovou e eles [restante da equipe] disseram: ‘Michael, ela tem 15 anos, então você não pode traze-la ao bar e ela não pode ter uma bebida na mão’. Então, a solução dele para esse problema foi me fazer dançar embaixo de uma cachoeira, que me ensopou.” – comentou ela.

Porém aquele desabafo de uma jovem atriz que acabará de completar 23 anos, não foi levado a sério. A platéia riu quando Kimmel brincou ao dizer: “Perfeitamente saudável”.

“Aos 15 anos, eu estava no 1º ano. É como um microcosmo de como a mente de Bay funciona”, acrescentou Fox.

“Sim, bem, isso é realmente um microcosmo de como todas as nossas mentes funcionam”, respondeu Kimmel.

“Oh, ok”, Fox disse sarcasticamente.

“Alguns de nós têm a decência de reprimir esses pensamentos e fingir que eles nunca existiram”, acrescentou Kimmel.

Em outro momento da mesma entrevista, ele deu a Fox um desenho de si e da atriz “juntos” na cama. Na imagem, ele está tentando enfiar a língua na boca dela.

O vídeo da Fox falando sobre Michael Bay no Jimmy Kimmel Live! foi visto por mais de 6 milhões de vezes e continua crescendo. A autora da publicação escreveu: “Clipe de 2009, onde Megan Fox conta uma história sobre Michael Bay a sexualizando como uma adolescente de 15 anos. A multidão ri e Kimmel faz piadas grosseiras. Meninas adolescentes sendo atacadas por homens mais velhos nunca foram levadas a sério e ainda não são.”

O tweet levou a um tópico separado no Twitter sobre o tratamento injusto que Fox sofreu ao longo de sua carreira.

Fox teve sua grande chance em ‘Transformers’ de 2007. Ela teve que fazer um teste lavando a Ferrari de Bay enquanto ele a filmava. Depois de estrelar os dois primeiros filmes da franquia, Fox foi demitida por comparar Bay a Hitler e que ele era “um pesadelo para se trabalhar”. A equipe do diretor revidou escrevendo uma carta aberta, chamando a atriz de “burra como pedra” e “lixo”, e que ser uma “estrela pornô” poderia ser “uma boa opção de carreira”. Os maus tratos da atriz pela mídia também foram destacados.

Em uma entrevista de 2018 em meio ao movimento #MeToo, Fox foi perguntada pelo New York Times se ela achava que merecia um pedido de desculpas. Embora Fox tenha admitido que estava adiantada em seu discurso há mais de uma década, ela explicou como não achava que alguém iria acreditar nela sobre suas próprias experiências, porque as pessoas não a consideram “normal, relacionável ou agradável”.

“Mesmo com o movimento #MeToo, e todos que saem contando suas histórias – e é possível supor que eu provavelmente tenha muitas histórias, e eu tenho – eu não falei por muitas razões”, disse Fox. “Simplesmente não pensei, com base em como fui recebida por pessoas e feministas, que eu seria uma vítima solidária. E pensei que se houvesse um momento em que o mundo concordaria que é apropriado envergonhar a vítima, seria quando eu apresentasse a minha história.”

Muitas pessoas foram rápidas em defender Fox sobre as histórias ressurgidas, com praticamente todos concordando que ela merecia mais.

O assunto foi tão viral que fez a atriz se pronunciar publicamente através de sua conta pessoal no Instagram. Com a legenda “May we all continue waking up❤️” (em português, Que todos nós possamos continuar acordando❤️), ela escreveu:

“Sei que surgiu uma discussão on-line envolvendo algumas das minhas experiências em Hollywood e o subsequente manuseio dessas informações pela mídia e pela sociedade em geral.

Embora aprecie muito o apoio prestado, sinto que preciso esclarecer alguns detalhes, pois eles foram perdidos na recontagem dos eventos e lançam uma sombra sinistra que, na minha opinião, não pertence realmente. Pelo menos não onde está sendo projetada atualmente…

Eu tinha cerca de 15 ou 16 anos quando fiz um extra em ‘Bad Boys II’. Há várias entrevistas em que compartilhei a história de ser escolhida para a cena e as conversas que ocorreram em torno dela. É importante observar, no entanto, que quando fiz o teste para ‘Transformers’, eu tinha 19 ou 20 anos.

Eu trabalhei (fingindo saber segurar uma chave) em uma das Ferrari de Michael durante uma das cenas de audição. Era no estacionamento do estúdio Platinum Dunes, havia vários outros membros da equipe e funcionários presentes e eu não estava em nenhum momento despida ou algo parecido.

Portanto, quanto a essa história de audição em particular, eu não era menor de idade na época e não fui obrigada a “lavar” ou trabalhar nos carros de alguém de uma maneira que fosse estranha ao material do roteiro real.

Espero que quaisquer opiniões formadas em torno desses episódios sejam pelo menos semeadas nos fatos dos eventos.

Por favor, ouça-me quando lhe agradecer pelo seu apoio. Mas houve casos específicos que foram irrelevantes em uma longa e árdua jornada ao longo da qual passei por experiências genuinamente angustiantes em uma indústria implacavelmente misógina.

Existem muitos nomes que merecem ser virais na cultura do cancelamento agora, mas eles são armazenados com segurança nos fragmentos do meu coração.

Mas, quando se trata de minhas experiências diretas com Michael e Steven [Spielberg], nunca fui agredida ou perseguida pelo que senti como uma maneira sexual.

Sou grata a todos vocês que são corajosos o suficiente para falar e sou grata a todos vocês que estão se empenhando em apoiar, elevar e trazer conforto àqueles que foram prejudicados por uma sociedade violenta e tóxica.”

 

Ver essa foto no Instagram

 

May we all continue waking up❤️

Uma publicação compartilhada por Megan Fox (@meganfox) em

#WeAreWithYouMeganFox

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
18